'Batalha': Dagoberto lembra que La U também luta por vaga nas oitavas

Camisa 11 celeste é uma das esperanças da torcida por uma vitória contra o Chile. Universidad garante classificação se empatar

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Dagoberto celebra com companheiros gol que selou vitória celeste
JULIANA FLISTER/TEXTUAL
Dagoberto celebra com companheiros gol que selou vitória celeste
O Cruzeiro jogará pressionado por uma vitória diante da Universidad de Chile, na noite desta quinta-feira, fora de casa. Mas o time adversário também entra em campo precisando, ao menos de um empate, já que não tem situação definida no grupo 5 da Libertadores. O atacante Dagoberto lembrou que os rivais azuis não vender caro qualquer resultado que não seja a vitória. "Eles são inteligentes e sabe que um resultado negativo pode tirá-los da competição. O importante e estar ciente e traquilo, estamos muito preparados. Eles têm uma grande equipe, vai ser uma batalha", afirmou o camisa 11, que completará 50 jogos com a Raposa. Dagoberto é uma das grandes esperanças do Cruzeiro para o duelo. Depois de um clima ruim criado no vestiário do Mineirão no último jogo celeste, após saber que seria substituído e não voltaria para o segundo tempo, o avante sabe de sua responsabilidade para o jogo e vida ou morte. "Temos que vencer, a nossa equipe está focada, estamos atentos, temos que vencer, não vencemos (o Defensor) em casa e não estamos bem na tabela. Então temos que vencer de qualquer jeito", completou.