R10 estampa a capa dos jornais em Bogotá no dia do jogo com o Santa Fe

Jornais colombianos dão enorme atenção ao jogo entre Independiente Santa Fe e Atlético nesta quinta, explorando a presença de Ronaldinho

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Ronaldinho: imagem explorada para chamar a atenção para o duelo entre Santa Fe x Galo
WEBREPÓRTER/SUPERFC
Ronaldinho: imagem explorada para chamar a atenção para o duelo entre Santa Fe x Galo

Bogotá, Colômbia - “Uns o chamam de craque, outros maestro, e os fanáticos mais ousados o colocam como Deus”; assim começa a matéria do jornal Q’hubo, vendido em Bogotá. Ronaldinho Gaúcho está na capa dos principais diários da capital da Colômbia, cidade do Santa Fe, adversário do Atlético nesta noite de quinta-feira, no estádio El Campín. Craque, mago e ‘osso duro de roer’. Estes são apenas alguns dos adjetivos que exaltam R10 nas publicações colombianos, deixando claro como o camisa 10 do Galo sempre será sinônimo de craque no futebol. O maior jornal da capital, El Tiempo, separa um espaço em sua capa para a chamada do jogo da noite desta quinta e, na matéria, relata em detalhes toda a carreira do meio-campista, deixando ainda em aberto a possibilidade de Ronaldinho disputar a Copa do Mundo de 2014. “Quando Ronaldinho anuncia que vai fazer um remate à baliza, provavelmente é uma fraude. Ele é capaz de acertar um efeito inesperado, enganador, de ameaçar ir para a direita e sair para a esquerda, inventar um drible e até mesmo decorar sua audácia com um ‘túnel’ (bola debaixo das pernas). Muitas vezes sua invenção termina em gol”, filosofa o jornalista do El Tiempo, Pablo Romero. Apesar de também destina a capa do caderno de esportes para R10, o Diário Mío foca na necessidade de vitória que vive o Santa Fe. Ronaldinho, claro, não é esquecido, sendo colocado como a principal ‘barreira’ que poderá impedir o Expresso Vermelho de conseguir um triunfo na Colômbia. O jornal El Espectador ressalta que haverá ‘magia no El Campín’, rasga elogios a Ronaldinho, mas também lembra que o meia participou de sete dos 17 jogos do Galo na temporada, somando um gol e duas assistências. O diário também indica as ausências de Josué e Fernandinho, que nem sequer viajaram a Bogotá. E o Q’hube começa inicia a matéria endeusando Ronaldinho, além de citar as conquistas e números de gols do craque durante toda sua carreira. O jornal comete ainda um deslize ao colocar Fernandinho como uma figura do Galo que já brilhou na Europa - nunca atuou em solo Europeu – e que irá ajudar R10 nesta quinta – o atacante nem sequer está em Bogotá.