Como o Cruzeiro, La U entra em campo nesta quinta com dérbi no domingo

Universidad de Chile enfrenta o Colo Colo pelo Torneio Clausura no mesmo domingo em que a Raposa vai enfrentar o Galo na final estadual

iG Minas Gerais | FREDERICO RIBEIRO |

José Rojas sabe a importância do superclássico, mas primeiro pensa na classificação na Libertadores
DIVULGAÇÃO/LA U
José Rojas sabe a importância do superclássico, mas primeiro pensa na classificação na Libertadores
Universidad de Chile e Cruzeiro não sabem se irão para as oitavas de final da Libertadores e se enfrentam nesta quinta-feira, no Estádio Nacional, às 21h (de Brasília) em jogo complicado para as duas equipes. Porém, os dois  lados focam na Liberta tendo, depois, que encarar um duro clássico contra seus maiores rivais. O Cruzeiro, depois do compromisso internacional, trabalhará totalmente para o clássico diante do Atlético, no primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro, no Independência, no domingo. A Universidad fará o seu segundo dérbi nacional, enfrentando o Colo-Colo no mesmo domingo. O jogo no Chile tem caráter menos decisivo, uma vez que vale pela 14ª rodada do Torneio Clausura.   Colo-Colo é o líder com 32 pontos, mas o time 'Azul Azul' precisa vencer para entrar na zona de classificação para a 'Liguilla', torneio envolvendo quatro clubes que disputam outra vaga chilena para a Libertadores 2015. Por conta da distância em relação ao título, a Universidad só pensa em garantir a classificação na Libertadores e se vingar da goleada sofrida no Mineirão. "Neste momento o grupo está muito mentalizado no Cruzeiro, há uma prioridade que é a partida desta quinta-feira. Quando ela acabar, vamos colocar a mente no superclássico. O Campeonato Nacional está longe da gente (o título) e, assim, também está este clássico. Estamos olhando para ele de relance" disse o capitão José Rojas. A equipe celeste não pode perder pontos contra os chilenos. Apenas o 100% de aproveitamento nas duas partidas que restam poderá dar à Raposa a vaga na próxima fase. Já a 'U' precisa segurar o resultado e somar um ponto. O Cruzeiro, depois do compromisso internacional, foca totalmente no clássico

Leia tudo sobre: copa libertadoresla ucruzeiroraposauniversidad de chileclassico