Vasco usa reservas contra Resende na Arena Amazônia

Resende optou por levar o jogo para Manaus, transformando-o em um evento-teste oficial da recém-inaugurada Arena Amazônia para a Copa

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Vasco viajou até o outro canto do País para iniciar, nesta quinta-feira, às 20h30 (horário de Brasília), a sua trajetória na Copa do Brasil. Mesmo num confronto entre dois times do Rio, a estreia vascaína acontecerá bem longe de casa: na Arena Amazônia, em Manaus, um dos 12 estádios da Copa do Mundo.

Como mandante, o Resende optou por levar o jogo desta quinta-feira para Manaus, transformando-o num evento-teste oficial da recém-inaugurada Arena Amazônia para a Copa do Mundo. Assim, o pequeno clube carioca espera faturar com a renda: mais de 35 mil ingressos já tinham sido vendidos antecipadamente.

Apesar da importância do jogo, o Vasco vai a campo apenas com jogadores reservas, porque os titulares foram poupados para a disputa da final do Campeonato Carioca, marcada para começar no domingo, contra o Flamengo.

Assim, alguns jogadores ganham a chance de mostrar serviço. É o caso, por exemplo, do atacante Thalles, xodó da torcida vascaína e do meia colombiano Montoya, ambos escalados para enfrentar o Resende.

Mesmo com um time reserva, o Vasco espera conseguir vencer por dois ou mais gols de diferença, o que eliminaria o jogo de volta contra o Resende, marcado para o dia 16 de abril, em São Januário, e o levaria à segunda fase da Copa do Brasil.

Leia tudo sobre: vascotimereservajogoresendeamazoniaarena