La U chama duelo com o Cruzeiro de 'mais importante do semestre'

Treinador da equipe chilena diz que má fase da Raposa não engana e espera partida complicada nesta quinta-feira

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Treinador da Universidad de Chile mostra respeito ao Cruzeiro, mas não quer perder para a Raposa em seus domínios
DIVULGAÇÃO/UNIVERSIDAD DE CHILE
Treinador da Universidad de Chile mostra respeito ao Cruzeiro, mas não quer perder para a Raposa em seus domínios

Uma partida que vai definir o futuro do Cruzeiro na Copa Libertadores, assim será o duelo da Raposa com a Universidad de Chile (CHI), nesta quinta-feira, às 20h45, no estádio Nacional, em Santiago.

Precisando exclusivamente da vitória para seguir com chances de classificação, a Raposa assiste ao adversário viver situação inversa. Um empate já garante os chilenos nas oitavas de final. Mesmo em melhor momento, o técnico Cristián Romero afirma que o confronto desta quinta-feira é muito importante.

“Já mencionamos que esse é para nós o jogo mais importante do semestre. Vamos enfrentar uma equipe que ainda está lutando, mas que perdeu seus dois jogos fora de casa e espero que continue perdendo. Precisamos confiar apenas em nós", disse o comandante da La U, que tem na cabeça uma forma de neutralizar o Cruzeiro no estádio Nacional.

"O Cruzeiro sente-se muito incomodado quando é pressionado, quando há disputa de bola. Com o Defensor foi assim. Mas o time tem muitos jogadores que trabalham bem a bola. O jogo que fizeram no Peru não foi ruim, o Garcilaso é que conseguiu gols de bola parada. No Uruguai o Cruzeiro teve chances, mas o Defensor foi bastante efetivo. Sem fixar muito em resultado, sei que o jogo será bem difícil”, afirmou.