Afonso Pena ficará fechada para demarcação da feira hippie

As interdições vão durar 15 dias e serão feitas de 23h às 5h somente nos dias úteis; a via terá que ser pintada novamente já que foi recapeada recentemente

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

undefined

A avenida Afonso Pena, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, vai ficar fechada por 15 dias úteis a partir desta quarta-feira (02) das 23h às 5h. A interdição vai ocorrer entre as ruas da Bahia e Guajajaras, para que seja feita a demarcação da Feira de Artes, Artesanato e Produtores de Variedades de Belo Horizonte, conhecida como feira hippie.

De acordo com a assessoria de imprensa da regional Centro-Sul, os espaços dos feirantes terá que ser pintado novamente já que a via foi recapeada recentemente e isso apagou a tinta. Ainda de acordo com a prefeitura, a avenida ficará fechada conforme a necessidade da pintura e poderá ser completamente interditada em alguns momentos.

“Essa demarcação era necessária porque já tem cerca de três semanas que os feirantes estão se dividindo no olho. Isso é ruim, porque tem que seguir o layout direito para não prejudicar ninguém”, disse o secretário financeiro da Associação dos Expositores da Feira da Avenida Afonso Pena (Asseap), Marcos Ferreira Diniz. A interdição vai ocorrer desta quarta-feira até a próxima sexta-feira (04), depois dos dias 7 ao 11, de 14 a 16 e dos dias 22 ao 25.

A pintura será feita já com o novo layout da feira que foi estipulado em outubro do ano passado. A mudança foi implementada pela regional Centro-Sul e gerou polêmica com os feirantes. As barracas deixaram de ser enfileiradas e passaram a ser colocadas em grupos de quatro.

A medida, segundo a prefeitura é uma exigência do Corpo de Bombeiros. Os feirantes reclamaram que a mudança deixou os clientes perdidos e que as vendas caíram por causa disso. Atualmente a feira comporta cerca de 2.000 expositores.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave