Venda de ovo de páscoa Bis Xtra + é suspensa por incitar o bullying

Um processo administrativo foi instaurado pelo Procon-RJ contra a Mondelez Brasil, fabricante do produto, determinando a apreensão dos chocolates que já estão à venda e suspendendo sua comercialização

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os adesivos que compõem a embalagem possuem expressões como
Divulgação/Lacta
Os adesivos que compõem a embalagem possuem expressões como "nerd", "nervosinho" e "morto de fome"

A frase “personalize a embalagem com adesivos e sacaneie seu amigo”, fez com que a venda dos ovos de páscoa Bis Xtra + Chocolate, da Lacta, fosse suspensa a partir desta quarta-feira, por incitar crianças e adolescentes à praticar bullying. Um processo administrativo foi instaurado pelo Procon-RJ contra a Mondelez Brasil, fabricante do produto, determinando a apreensão dos chocolates que já estão à venda e suspendendo sua comercialização. Segundo o órgão, a mensagem transmitida na embalagem do produto e sua campanha publicitária não estão em acordo com o artigo 37, parágrafo 2º, do Código de Defesa do Consumidor, por promover o preconceito e discriminação entre crianças e adolescentes. As vendas do ovo Bis Xtra + Chocolate ficarão suspensas até que seja feita alteração na mensagem, retirando textos que incentivam o bullying. Os adesivos que compõem a embalagem possuem expressões como "nerd", "nervosinho" e "morto de fome". O Procon-RJ considera inadmissível que, um produto direcionado a crianças e adolescentes promova qualquer tipo de violência, inclusive a verbal, entre eles. De acordo com o órgão, nenhuma reclamação formal foi registrada, a instauração do processo foi motivada por mensagens nas redes sociais. Os gerentes dos estabelecimentos visitados por fiscais do Procon-RJ, ficarão responsáveis por divulgar as informações a todas as filiais das redes em que trabalham, sobre a decisão do órgão. A fabricante do produto, Mondelez Brasil, ainda não se pronunciou.

Leia tudo sobre: bullyingBis Xtra + ChocolateLactaProcon-RJ