Ministério do Trabalho é ocupado por 350 trabalhadores rurais

Manifestantes pedem mais fiscalização nas atividades no campo em relação aos trabalhos escravos, informal e infantil

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

O prédio da regional do Ministério do Trabalho e Emprego em Varginha, no Sul de Minas, foi ocupado nesta quarta-feira (2) por aproximadamente 350 trabalhadores rurais. Os manifestantes pedem mais fiscalização nas atividades no campo em relação aos trabalhos escravos, informal e infantil.

De acordo com a Polícia Militar (PM), representantes da Articulação dos Empregados Rurais do Sul de Minas (Adere) começaram a se concentrar na porta do prédio, localizado na rua Deputado Ribeiro de Resende, no centro, por volta de 13h. Munidos com faixas e gritando palavras de ordem trabalhadores invadiram o prédio por tempo indeterminado.

Segundo a gerência do Ministério do Trabalho e Emprego, em 2014 não foram registrados nenhum caso desse tipo na região. Ainda de acordo com o setor, a regional gerencia e fiscaliza o trabalho rural em todas as cidades do Sul de Minas o que acaba interferindo na fiscalização diária.

Uma reunião entre o gerente da unidade, Mário Ângelo Vitório, e representantes dos trabalhadores rurais teve início por volta de 14h desta quarta, onde as duas partes irão discutir uma solução para a fiscalização e a desocupação do prédio.   

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave