Homem tenta matar país pela segunda vez, é preso, ouvido e liberado

Polícia Civil declarou que o suspeito não ficou detido, já que a família não compareceu a delegacia para fazer uma representação contra ele; mãe da vítima de 84 anos, teve um AVC e só fica na cama, o pai de 87, é deficiente visual e o irmão é deficiente físico e utiliza cadeira de rodas

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Um homem de 45 anos foi preso após tentar matar os pais pela segunda vez em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, na noite dessa terça-feira (1º). A primeira prisão do suspeito, pelo mesmo motivo, aconteceu em 2013, mas, ele foi beneficiado pela revogação da prisão preventiva e foi liberado. Pela segunda vez, o suspeito foi ouvido, assinou uma representação e acabou liberado. 

Militares compareceram a casa da família, no bairro Aurélio Caixeta, onde mora o suspeito, Ademar Gomes da Silva, a mãe de 84 anos, que teve um acidente vascular cerebral (AVC) e passa maior tempo na cama, o pai de 87 anos, deficiente visual, e o irmão do homem aprendido, que tem problema físico e utilizar uma cadeira de roda. No local, Silva estava bastante transtornado, já havia espancado os pais e tentava matar as vítimas com uma faca de cozinha.

Vizinhos da família sempre denunciam o suspeito por agressão aos pais. Porém, ele sempre deixa a residência antes da chegada da polícia. Um morador que escutou a gritaria e presenciou a cena relatou à polícia que as agressões acontecem sempre no fim da noite quando Silva volta para casa bêbado. O único membro da família que não sofre com o caso é o irmão que nunca foi vítima das agressões.

Silva foi preso e encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Plantão do município.  O suspeito foi ouvido e liberado, já que os pais não compareceram a delegacia para assinar uma representação contra o crime, de acordo com a Polícia Civil. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave