Jornais exaltam fim do jejum de goleador antes de jogo com Galo

Esperança de gols no Santa Fe, o atacante Wilder Medina não fazia um gol desde o fim do mês de janeiro

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

BOGOTÁ (COL). Antes de enfrentar o Atlético na noite desta quinta-feira, em seus domínios, o Santa Fe teve um compromisso doméstico e venceu o Deportivo Pasto por 3 a 2, no estádio El Campín, em Bogotá, onde receberá o Galo. Com o resultado, o Expresso Vermelho quebrou o jejum de triunfos como mandante, que já durava quase dois meses – a última vitória em casa havia sido em 2 de fevereiro, diante do Nacional Asuncion, por 3 a 1.

Além da importante vitória do Santa Fe, outro fato "manchetado" pelos jornais locais foi o reencontro de Wilder Medina com o gol. O atacante não anotava um tento desde o fim de janeiro e na vitória contra o Pasto fez dois gols e deu passe para o terceiro.

O maior jornal da capital, El Tiempo, dividiu a matéria principal entre a vitória do Santa Fe e a derrota do Millonarios, outro time de Bogotá, para o Independiente Medellin por 2 a 1. O Diario Mío deu destaque para o Leão Vermelho e, claro, para os gols de Medina. A publicação foi a única a registrar a chegada do Atlético a Bogotá, colocando Ronaldinho como foco. E o El Espectador seguiu a mesma linha, colocando Medina como figura principal e lembrando-se do fim dos jejuns do atacante e da equipe.

Todos os jornais, no entanto, ressaltam a importância da vitória do clube colombiano no torneio nacional para aumentar o ânimo para a partida contra o Atlético. O Galo é o líder do Grupo 4 com oito pontos e pode, nesta quinta, garantir a classificação e complicar ainda mais a vida do Santa Fe, que soma quatro pontos contra sete do Zamora-PAR e cinco do Nacional-PAR – ambos têm um jogo a mais.

Leia tudo sobre: Libertadoresatleticogalojornaissanta fecolombiagoleador