Flamengo joga pela sobrevivência na Libertadores diante do Emelec

Rubro-Negro carioca está na lanterna do grupo 7, com três pontos a menos do que o León, do México, o segundo colocado da chave

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Para Jayme,
REPRODUÇÃO/FLAMENGO
Para Jayme, "o Flamengo é uma equipe que tem um potencial muito grande"

O Flamengo luta nesta quarta-feira pela sua sobrevivência na Libertadores. O time carioca vai a Guayaquil, no Equador, precisando de um resultado positivo diante do Emelec, em jogo que começa às 22 horas, para evitar a eliminação precoce na competição. Lanterna do Grupo 7, o Flamengo tem apenas quatro pontos em quatro jogos. A liderança da chave é do Bolívar, que chegou aos oito pontos após a disputa de cinco da seis rodadas, mesma situação do segundo colocado León, que tem sete pontos. Já o Emelec está com seis. Até agora, o retrospecto do Flamengo fora de casa na Libertadores foi péssimo, com duas derrotas em dois jogos. Se perder novamente nesta quarta-feira, estará eliminado. Mas o empate pode ser um bom resultado diante do Emelec, porque permitiria que uma vitória sobre o León, na última rodada, no Maracanã, lhe garantisse a classificação para as oitavas de final. Nos últimos treinamentos, o técnico Jayme de Almeida se esforçou para encontrar a escalação ideal, já que estão confirmados cinco importantes desfalques. Leonardo Moura, Léo, Elano, André Santos e Cáceres, todos contundidos, nem viajaram para o Equador.  Com os dois únicos laterais-direitos inscritos na competição vetados - Leonardo Moura e Léo -, o treinador indicou que o atacante Paulinho pode ser improvisado na posição. No ataque, Hernane é dúvida, após ter sofrido uma pancada durante a classificação para a final do Campeonato Carioca, e pode ser substituído por Alecsandro.

Leia tudo sobre: flamengoelemeclibertadores