Presidente da Empresa Olímpica Municipal deixará cargo

Anúncio da saída da presidente ocorre menos de duas semanas após sexta visita oficial do COI ao Rio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Maria Silvia Bastos ainda não tem data definida para deixar o cargo
RLC PRESS/DIVULGAÇÃO
Maria Silvia Bastos ainda não tem data definida para deixar o cargo

A presidente da Empresa Olímpica Municipal (EOM), Maria Silvia Bastos Marques, vai deixar o cargo. Em seu lugar assume Joaquim Monteiro de Carvalho, atual chefe executivo do Imagem Rio, órgão vinculado ao Gabinete do prefeito Eduardo Paes. A informação foi confirmada na manhã desta terça-feira.

De acordo com a assessoria de imprensa da EOM, a saída foi um pedido da própria Maria Silvia. A economista havia sido nomeada para o cargo em 1º de agosto de 2011 e tomou posse oficialmente quatro dias depois. Maria Silvia ainda não tem data definida para deixar o cargo. Ela deverá ficar pelo menos mais um mês na presidência a fim de fazer "uma transição tranquila" para o seu sucessor.

O anúncio da saída da presidente ocorre menos de duas semanas após a Comissão de Coordenação do COI para os Jogos Olímpicos ter realizado sua sexta visita oficial ao Rio. O encerramento do encontro foi marcado por elogios ao andamento de algumas obras, mas principalmente por cobranças quanto à indefinição dos três entes governamentais sobre a totalidade das atribuições na Matriz de Responsabilidades. Uma reunião definida na ocasião como "crucial" pelo COI estava agendada para o último dia 27, em Brasília, mas acabou sendo cancelada.

A EOM foi criada em 2011 e tem duração estabelecida até dezembro de 2016. Vinculada ao Gabinete do Prefeito, a empresa pública possui capital fechado e tem como atribuição coordenar a execução das atividades e projetos municipais relacionados à realização dos Jogos Olímpicos do Rio 2016.