Wawrinka vê Suíça com melhor chance de vencer a Davis

Tenista suíço vê bom momento seu e de seu compatriota Federer, na temporada 2014, como um algo a mais a favor do país

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Wawrinka avançou às quartas de final em Hertogenbosch
Divulgação / ATP
Wawrinka avançou às quartas de final em Hertogenbosch

Campeão do Aberto da Austrália, Stanislas Wawrinka reconheceu que a Suíça tem em 2014 a sua melhor chance nos últimos anos de conquistar o seu primeiro título da Copa Davis. "Nós todos sabemos que temos uma boa oportunidade, especialmente porque Roger está jogando e eu estou jogando", disse Wawrinka, nesta terça-feira, dias antes do confronto pelas quartas de final contra o Casaquistão, em casa.

O duelo será aberto na próxima sexta-feira, em Genebra, em uma quadra dura coberta, com Wawrinka sendo o terceiro colocado no ranking da ATP, uma posição à frente de Federer. Já Mikhail Kukushkin é o melhor tenista ranqueado do Casaquistão, apenas em 56º lugar.

O vencedor desse confronto vai enfrentar a Inglaterra ou a Itália, em setembro, nas semifinais. A Suíça, que venceu a Sérvia na primeira rodada, voltará a atuar em casa se o seu oponente for a Itália. A última participação da Suíça na semifinal da Copa Davis foi em 2003, quando Federer perdeu uma partida decisiva de cinco sets para o australiano Lleyton Hewitt.

Além disso, já faz 22 anos desde que a Suíça perdeu a sua única final, para a equipe dos Estados Unidos, que contava com Andre Agassi, Pete Sampras, Jim Courier e John McEnroe. "Nós não estamos pensando na final", advertiu Wawrinka, porém, reconhecendo o favoritismo diante do Casaquistão. "Estamos, no papel, como os grandes favoritos para este fim de semana".

Com a maioria dos ingressos vendidos para os jogos de simples de sexta-feira, Wawrinka já pode imaginar que será saudado como um herói na sua primeira partida em casa desde que foi campeão do Aberto da Austrália em janeiro. "Com certeza, isso vai ser incrível , especialmente depois do meu início do ano", disse. "Primeira quartas de final minha, jogando em Genebra, em frente de 16 mil pessoas. Estou animado para isso", concluiu.

Leia tudo sobre: wawrinkatenisdisputadavisfavoritasuiça