US Airways terá que indenizar bebê que passou frio e fome em voo

Mãe da criança foi impedida de entrar no avião com uma bolsa que continha itens para cuidar do filho durante as 10 horas de viagens, como fraldas, alimento e agasalhos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A companhia aérea US Airways foi condenada pela 27ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro a pagar uma indenização de R$ 20 mil a um bebê de dois anos por danos morais.

De acordo com a ação, a mãe da criança foi impedida de entrar no avião com uma bolsa onde carregava itens para os cuidados do filho, como fraldas, alimento e agasalhos. Sendo assim, durante as 10 horas de viagem, o bebê passou fome e frio.

A mãe do bebê também contou a justiça que, após o desembarque, notou que as malas da família estavam com o fecho danificado e que alguns itens foram furtados. A companhia foi condenada a pagar  também a mãe uma  indenização de R$ 20 mil por danos morais.

Os desembargadores consideraram que os fatos narrados pela passageira não são meros aborrecimentos cotidianos e destacam o descaso e desrespeito com mãe e filho.  

Leia tudo sobre: indenizaçãovooUS Airwaysbebe