'Sapão' é morto após participar de pagode na Cabana do Pai Tomás

Vítima foi assassinada com 15 tiros por quatro homens; no bairro Carlos Prates, um jovem de 27 anos foi executado

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem identificado apenas pelo apelido de “Sapão”, aparentando ter 25 anos, foi executado com 15 tiros, no fim da noite dessa segunda-feira (31), na Cabana do Pai Tomás, na região Oeste de Belo Horizonte. Autoria e motivação do crime são desconhecidas.

De acordo com a Polícia Militar, populares contaram que a vítima estava em um pagode quando percebeu a aproximação de um Toyota Corolla de cor prata com quatro homens dentro. O jovem saiu correndo em direção à avenida Amazonas e, na rua Galeria, tentou se esconder debaixo de um caminhão, mas foi encontrado pelos assassinos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas Sapão, que seria morador de Contagem, na região metropolitana da capital, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A ocorrência foi encerrada na seccional do Barreiro.

Carlos Prates

Na madrugada desta terça-feira (1º), Victor Leocádio de Aguiar dos Santos, de 27 anos, foi morto na rua Padre Paraíso, no bairro Carlos Prates, na região Noroeste de BH.

O jovem levou três tiros, sendo um na cabeça a curta distância. Moradores da região não souberam passar informações sobre o homicídio. Militares do 34º Batalhão fizeram rastreamento na região, mas nenhum suspeito foi identificado ou localizado.

Os dois corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte e os casos serão investigados pela Polícia Civil.