Coelho faz treino no palco da estreia na Copa do Brasil

Coelho viajou ontem para o Norte do país com dois desfalques, o meia Tchô e o atacante Henrique

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Meio a meio. Linha que divide o gramado coincide com a Linha do Equador, sendo o marco zero, daí o apelido do estádio ser Zerão
AG NOTíCIAS AMAPá / DIVULGAçãO – 8.2.2014
Meio a meio. Linha que divide o gramado coincide com a Linha do Equador, sendo o marco zero, daí o apelido do estádio ser Zerão

O América realiza hoje à tarde um treino de reconhecimento do gramado do estádio Zerão, em Macapá (AP), local do jogo de estreia na Copa do Brasil, marcado para amanhã, às 20h30, contra o Santos-AP. A delegação americana tinha chegada prevista para ontem no Amapá desfalcada do meia Tchô e do atacante Ricardinho, vetados por contusão, e do meia-atacante Willians, que terá de cumprir suspensão relativa à expulso em jogo contra o Paysandu na Série B do Brasileiro do ano passado.

Em compensação, o elenco viajou reforçado do atacante Júnior Negão, do zagueiro André e do lateral-direito Pablo, que foram apresentados como novos reforços do clube antes do clássico do último domingo, contra o Atlético. O técnico Moacir Júnior relacionou 19 atletas para o jogo contra o Santos-AP. Por opção do treinador americano, o zagueiro César Lucena, o volante Fabio Caballero e o atacante Lucas Silva foram cortados da relação, que tem ainda como novidades o zagueiro Heitor, os volantes Andrei e Doriva e os meio-campistas Kaio Wilker e Diogo Dolem.

A definição do time que irá começar o confronto de amanhã vai depender do condicionamento físico dos atletas. Moacir Júnior demonstrou preocupação com os jogadores devido ao desgaste no clássico de domingo e à longa viagem para o Norte do país iniciada na manhã de ontem. O América viajou 2.354 km, distância que separa as cidades de Belo Horizonte e Macapá.

Escalação. O técnico Moacir Júnior deverá manter para o jogo contra o Santos-AP a base do time que empatou em 1 a 1 com o Atlético. As novidades para esse jogo podem ser as estreias do lateral-direito Pablo e do atacante Júnior Negão. “Vamos jogar com a mesma garra que tivemos no clássico de domingo, contra o Atlético, apresentando um futebol aguerrido em busca da vitória, mas com muito respeito ao adversário”.

Se vencer por dois ou mais gols de diferença e eliminar a partida de volta, o América terá 17 dias para trabalhar o time até a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo está marcado para o dia 19 de abril, no Rio de Janeiro, contra o Vasco da Gama.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave