São Paulo amplia desconto para quem economizar

Conta de água com bônus de 30% só valia para quem era abastecido pelo sistema Cantareira

iG Minas Gerais |

Índice do sistema Cantareira registrado ontem chegou a 13,4%
NÉLSON ANTOINE/ESTADÃO CONTEÚDO - 4.2.2014
Índice do sistema Cantareira registrado ontem chegou a 13,4%

São Paulo. A partir de hoje, moradores de 31 cidades da região metropolitana de São Paulo que reduzirem em 20% o uso de água vão ter desconto. Antes, o “bônus” de 30% no valor da conta só valia para moradores de 11 municípios das regiões abastecidas pelo sistema Cantareira, que sofre com a falta de água nos reservatórios. A decisão foi anunciada ontem de manhã pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB).

De acordo com o governo de São Paulo, a política de bônus já contribuiu para a redução no consumo de água. O balanço da Companhia de Saneamento Básico de SP (Sabesp) aponta que 76% dos consumidores reduziram seus gastos – sendo que 37% destes conseguiram o desconto. Por outro lado, 24% consumidores paulistas aumentaram o consumo neste período.

Com a ampliação da lista de cidades atendidas, cerca de 17 milhões de clientes podem ser beneficiados na região metropolitana. O objetivo, de acordo com a presidente da Sabesp, Dilma Penna, é passar de 4,1 para 6 metros cúbicos por segundo de economia de água.

Seca. Ontem, o sistema Cantareira chegou a um índice de 13,4% – 0,1% a menos que o registrado no último domingo, dia 30 de março. Segundo a Sabesp, a água dos reservatórios abastece 8,1 milhões de pessoas nas zonas Norte e Central e em parte das zonas Leste e Oeste da capital paulista, além de nove cidades.

O governo estadual tomou a medida de emergência em razão do nível crítico do sistema Cantareira desde o fim do ano passado. A decisão só foi anunciada no último dia 6 de março.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave