Casa de antigo chefe do DOI-Codi é pichada

iG Minas Gerais |

O MST fez protesto em frente ao Congresso para lembrar o golpe
Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr
O MST fez protesto em frente ao Congresso para lembrar o golpe

Brasília. Manifestantes realizaram ontem, em Brasília, um protesto em frente à casa do coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra, que chefiou o Doi-Codi em São Paulo, um dos principais centros de tortura da ditadura militar (1964-1985). Repetindo protesto feito em outras cidades, eles pintaram na calçada em frente à casa de Ustra a frase “aqui mora um torturador”. Cerca de 50 pessoas participaram da manifestação. Também carregaram uma faixa com os dizeres “quando não há justiça, há escracho popular”. O coronel Ustra estava em casa, mas não saiu para ver o protesto. A manifestação foi organizada pelo grupo Levante Popular da Juventude e Entorno, ligado ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem- Terra. Depois da casa de Ustra, eles seguiram para a frente do Congresso Nacional, onde continuaram o protesto.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave