Olhares para Dominguinhos

Filme e websérie sobre o artista se somam a diferentes registros que homenageiam a trajetória do músico

iG Minas Gerais | Carlos Andrei Siquara |

Parcerias. Projeto que deu origem ao documentário “Dominguinhos” e à websérie “Dominguinhos  ” reforça as relações de amizade tecidas pelo músico pernambucano
Big Bonsai
Parcerias. Projeto que deu origem ao documentário “Dominguinhos” e à websérie “Dominguinhos ” reforça as relações de amizade tecidas pelo músico pernambucano

Quando começaram a rodar o documentário sobre Dominguinhos, os músicos Mariana Aydar, Duani e Eduado Nazarian visualizaram a possibilidade de alcançar outros desdobramentos com esse mesmo projeto. Foi assim que, aos poucos, nasceu a websérie “Dominguinhos +” em exibição no site Natura Musical, além do longa-metragem “Dominguinhos”, que terá sua estreia nacional no festival “É Tudo Verdade”, previsto para começar nesta quinta-feira em São Paulo.

Neste ano, a intenção é dar continuidade ao mesmo trabalho, baseando-se ainda em outras frentes. “A gente imagina que pode sair um DVD ou um CD com o resultado de todos os encontros de Dominguinhos com outros músicos, como Gilberto Gil, Djavan, Hermeto Pascoal e Elba Ramalho. Há, ali, interpretações de músicas como ‘Arrebol’, que Dominguinhos não tocava há muito tempo, mas Lenine conseguiu fazê-lo aceitar o convite”, conta Mariana Aydar.

Depois de reunir um grande material, cerca de 60 horas de gravação, ela afirma que viu a necessidade de realizar outros empreendimentos. “Ter todo esse material bruto e resumir em apenas 1h30 de documentário não era suficiente. Tínhamos em mãos uma preciosidade que não podia ficar só com a gente. Resolvemos, então, desenhar essa websérie e fazer um documentário seguindo uma linha diferente, mais sensorial. Imaginamos que seria melhor, para o longa, que Dominguinhos falasse sobre si mesmo”, revela a cantora, acreditando ter conseguido manter versões diferentes a partir da vocação de cada material.

No processo de montagem do filme, por exemplo, a equipe percebeu que precisava correr atrás de imagens de arquivo, que localizassem as diferentes épocas citadas por Dominguinhos. “Pesquisamos em arquivos da TV Cultura, da Globo e da TV Bandeirantes e, aos poucos, o roteiro do documentário foi se modificando. A ideia de se basear apenas nos encontros foi migrando para a plataforma da websérie, e deixamos o relato em primeira pessoa de Dominguinhos para o longa-metragem”, detalha Aydar.

Ao avaliar a importância desse material, a artista observa como, por meio dos depoimentos e da trama de parcerias traçadas por Dominguinhos, se percebe a maneira como ele dialogava constantemente com outros criadores.

“Ganham muita atenção as relações de amizade que ele tinha com vários parceiros. Muita coisa que ele fazia, gravava numa fita K7 e mandava para alguns músicos. Essa cumplicidade na hora de compor, assim como sua generosidade, estão muito presentes”, observa.

Estão previstos para ir ao ar nesta e nas próximas duas semanas os episódios em que Dominguinhos recebe em estúdio Elba Ramalho, Hamilton de Holanda, Mayra Andrade e Yamandu Costa, além da Orquestra Jazz Sinfônica. “A ideia foi tecer relações com músicos de outras gerações, cada um mostrando um ponto em comum. Yamandu, por exemplo, já produziu com ele dois discos”, lembra a cantora.

Programe-se

Os músicos Makely Ka, Ronaldo Gino, Pablo Castro e Leri Faria se encontram amanhã, no Oi Futuro (av. Afonso Pena, 4.001, Mangeiras), a partir das 19h30, para comentar sobre a relação deles com o legado de Dominguinhos. Serão exibidos episódios da websérie “Dominguinhos +”, com entrada gratuita.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave