Dominguinhos universal

Projeto baseado em websérie e em longa-metragem busca retratar ampla trajetória do músico pernambucano

iG Minas Gerais | Carlos Andrei Siquara |

Afinidade. Encontro entre Hermeto Pascoal e Dominguinhos é registrado no quarto episódio da websérie “Dominguinhos  ”
Big Bonsai
Afinidade. Encontro entre Hermeto Pascoal e Dominguinhos é registrado no quarto episódio da websérie “Dominguinhos ”

A cantora Mariana Aydar, 34, ainda era uma criança quando conheceu Dominguinhos (1941-2013) pela primeira vez. O contato veio por meio de sua tia, Fernanda Nigro, que trabalhava como produtora do músico e compositor. Motivada, assim, por muitas memórias e grande admiração pelo artista, ela e os músicos Duani e Eduardo Nazarian começaram o projeto de um documentário há seis anos.

Frutos dessa iniciativa já vieram a público por meio da websérie “Dominguinhos +”, em exibição no site Natura Musical. Inédito é o longa-metragem “Dominguinhos”, previsto para estrear no dia 6, durante o festival É Tudo Verdade, em São Paulo, e no dia 7, na edição do mesmo evento, no Rio de Janeiro.

Em Belo Horizonte, um bate-papo agendado para acontecer amanhã, no espaço cultural Oi Futuro, vai reunir também os músicos Makely Ka, Ronaldo Gino, Pablo Castro e Leri Faria, que vão comentar a relação deles com a música do mestre pernambucano. No encontro, serão exibidos episódios dessa websérie, que mostra Dominguinhos ao lado de outras personalidades importantes em sua trajetória, como Hermeto Pascoal, Gilberto Gil e Elba Ramalho, dentre outros.

Para Mariana, todas essas ações somam homenagens a Dominguinhos que ela acredita ser apresentado sob diferente ângulos. Se na internet, ele é mostrado por meio de depoimento dos artistas convidados, no longa-metragem é o compositor quem fala sobre si mesmo.

Em comum, no entanto, para a cantora, foi o desejo de retratá-lo de maneira ampla, abarcando suas diversas qualidades, especialmente o caráter universal do trabalho dele.

“A ideia era mostrar outros lados de Dominguinhos que, às vezes, as pessoas conhecem muito pouco, por exemplo, o seu traquejo como importante improvisador e jazzista. Queríamos tirá-lo dessa gaveta do regional, de seguidor de Luiz Gonzaga, o que ele realmente foi, mas depois se tornou muito mais do que isso”, explica Mariana Aydar.

Ela recorda que ao entrar em contato com o homenageado e detalhar a sua proposta, ele respondeu dizendo que “todas as ideias merecem ser respeitadas”. Para a cantora, ficaram claras mais uma vez a humildade e a generosidade de Dominguinhos, dois importantes traços da personalidade dele frisados por ela.

“Com essas palavras do sábio, a gente começou as gravações, com câmera na mão, sem dinheiro nenhum, filmando alguns bastidores. Depois, entramos em contato com a produtora Big Bonsai, que fez alguns projetos e conseguiu captar recursos a partir de 2010”, recorda Mariana, que atuou como diretora musical durante as filmagens.

O roteiro do documentário, naquele momento, iria se basear em encontros programados com alguns nomes relevantes para Dominguinhos, baseados na sua própria biografia. A diretora musical conta que ele não fez quase nenhuma exigência, mas pontuou que seria importante a participação de Hermeto Pascoal.

“Nós, então, pensamos que cada uma dessas parcerias poderia representar uma etapa da vida dele. Hermeto marcaria a memória da infância de Dominguinhos, pois os dois tinham muitas afinidades e transitavam bem entre o universal e o regional, além de serem amigos de longa data, improvisadores, jazzistas e músicos maravilhosos, gênios”, sintetiza. “Esse encontro também diz muito sobre o autodidatismo dos dois, que os leva à essa música espontânea, mais solta e cheia de improvisos”, acrescenta o diretor da websérie, Felipe Briso.

A importância desses registros é para Mariana imensa, pois eles guardam os últimos momentos de Dominguinhos em estúdio. “A gente gostaria muito que ele estivesse vivo para ver esse documentário sendo exibido nos cinemas. A trajetória dele é extremamente importante para a música brasileira e é isso que tentamos reforçar com cada episódio e com o longa-metragem que completam esse trabalho”, diz Mariana.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave