Fifa não vai ceder estádios da Copa do Mundo para o Brasileirão

Entidade vetou a utilização dos estádios do Mundial para jogos do Brasileirão das Séries A, B e C a partir do dia 21 de maio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Mineirão
Lúcia Sebe/SECOPA
Mineirão "é da Fifa" a partir do dia 21 de maio

A Fifa vetou a utilização dos estádios da Copa do Mundo para jogos do Campeonato Brasileiro das Séries A, B e C a partir do dia 21 de maio. Nesta data, a entidade assume a responsabilidade por todas as arenas para iniciar a preparação para os jogos do Mundial.

A Fifa já havia definido que não liberaria os estádios para algumas rodadas do Brasileirão, mas os clubes ainda sonhavam com a possibilidade de mandar seus jogos nas arenas ao menos na 6ª rodada - pela data estipulada, os times só poderão utilizar os estádios até a 5ª rodada do Brasileirão.

A medida inclui ainda nesta data os estádios que receberão treinos das seleções da Copa, como Arena Grêmio, Pacaembu e Independência. Com estas restrições, a 6ª rodada da Série A tem apenas dois dos dez jogos da tabela com estádios definidos: Criciúma x Chapecoense, no Heriberto Hülse, e Goiás x Santos, no Serra Dourada. Os demais times terão que buscar alternativas junto à CBF para mandar suas partidas, provavelmente no interior.

A determinação da Fifa foi confirmada pelas concessionárias responsáveis pelas operações do Maracanã, da Arena Pernambuco e da Arena Fonte Nova. "As administradoras ressaltam que, durante este período, é vetado pela Fifa a marcação de jogos do Campeonato Brasileiro e da Série B, portanto, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é responsável por negociar com os clubes os locais para os confrontos", registrou comunicado dos três estádios.

De acordo com as concessionárias, o Maracanã ficará sob administração da Fifa entre os dias 22 de maio e 18 de julho. Em tese, o estádio poderia receber jogo do Flamengo, contra o Bahia ou do Fluminense, contra o São Paulo, no dia 21.

Já a Arena Fonte Nova ficará sem jogos dos times de Salvador entre 21 de maio e 11 de julho. A Arena Pernambuco, por sua vez, permanecerá fechada para os clubes da casa entre 22 de maio e 4 de julho.

"Até maio, os três estádios receberão jogos da reta final dos Campeonatos Baiano, Pernambucano e Carioca, as primeiras rodadas do Brasileirão e confrontos da Libertadores, no caso do Maracanã", diz a nota das concessionárias.

Elas confirmaram ainda que os três estádios não receberão mais shows até o fim do Mundial. "A agenda de shows está suspensa desde a apresentação do cantor Elton John na Arena Fonte Nova, no dia 22 de fevereiro, e só será retomada após a Copa do Mundo".

A decisão não se refere à Arena Castelão, que tem marcado show do cantor Roberto Carlos para o dia 5 de abril. Apesar da recomendação contrária da Fifa contra a realização do evento, os organizadores confirmaram a realização do show.

Leia tudo sobre: futebolesportecopa do mundofifacampeonato brasileiroestadios