Lavrador capixaba procura mulher que fugiu para Belo Horizonte

Após uma discussão, o homem foi trabalhar e quando voltou não encontrou a mulher nem a filha e a enteada; ele descobriu que ela havia comprado uma passagem para BH e veio atrás de informações

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

A pequena Isabela, filha do casal, e a enteada de Sidnei, Jamile, foram levadas pela mulher
Arquivo pessoal
A pequena Isabela, filha do casal, e a enteada de Sidnei, Jamile, foram levadas pela mulher

O lavrador Sidnei Gonçalves, 22, procura pela mulher desde o dia 8 de março deste ano, data em que ela foi vista pela última vez na cidade onde morava com o marido, Mantenópolis, no Espírito Santo. Após uma briga entre o casal, Jusiélida Ferraz Teixeira da Silva, 30, saiu de casa levando as duas filhas e, desde então, não foi mais vista. O lavrador veio a capital mineira em busca de notícias de Jusiélida depois de descobrir na rodoviária da cidade capixaba que ela havia comprado uma passagem para Belo Horizonte.

O casal que estava junto há 5 anos, tem uma filha de 3, e a mulher, uma filha de 10. Os quatro moravam juntos em Mantenópolis e segundo Sidnei, conviviam bem. “A gente mal mal brigava. A maiorzinha é filha do primeiro casamento dela, mas era como se fosse minha também, né? Eu criava ela”, disse. Segundo ele, a briga foi por causa da criança. “Ela fez coisa errada, criança né? Aí eu fui corrigir e a Jusiélida não gostou, e nós brigamos. Depois disso saí para trabalhar e quando voltei não estavam nenhuma das três em casa”, contou.

Pela primeira vez em Belo Horizonte, Sidnei disse que procurou por parentes da mulher na cidade, mas foi informado de que eles também não tinham informações sobre ela. Após pasar quatro dias na capital a procura da mulher, ele retorna a Mantenópolis nesta segunda-feira (31) para retomar o trabalho.

No Espírito Santo ele chegou a registrar um boletim de ocorrência, e foi aconselhado a procurar um advogado que, por sua vez, informou que para resolver as questões legais sobre a guarda da filha seria necessário, primeiro, encontrar a criança. “É o que mais quero”, disse.

Quem souber de informações sobre o paradeiro de Jusiélida e das crianças Jamile Vitória, 10, e Isabela Gonçalves Ferraz, 3, pode entrar em contato com Vítor pelo telefone 9887-1279, o amigo que está ajudando Sidnei em terrar mineiras, ou com o próprio lavrador pelo telefone (27) 3758-6104. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave