Em jogo confuso, Galo empata com o América e está na final do Mineiro

Partida teve duas expulsões, gol irregular mal validado pela arbitragem e muita bronca das torcidas

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

ESPORTES - BELO HORIZONTE MG - 30.3.2014 - CAMPEONATO MINEIRO 2014 - ATLETICO MG X AMERICA MG - Partida realizada na Arena Independencia em Belo Horizonte MG.
Foto: Douglas Magno / O Tempo
douglas magno
ESPORTES - BELO HORIZONTE MG - 30.3.2014 - CAMPEONATO MINEIRO 2014 - ATLETICO MG X AMERICA MG - Partida realizada na Arena Independencia em Belo Horizonte MG. Foto: Douglas Magno / O Tempo

Num jogo de muitas faltas, duas expulsões, um gol irregular mal validado pela arbitragem e muita bronca das torcidas, o Atlético ficou no empate em 1 a 1 com o América e se garantiu na decisão do Mineiro, contra o Cruzeiro. Carlos Renato abriu o placar para o Coelho, enquanto Neto Berol deixou tudo igual no placar.

O Galo poderia até ter vencido, pelo volume maior de jogo e por ter dois homens a mais em boa parte do segundo tempo. Além disso, o tento do América se deu de forma irregular, já que Carlos Renato dominou a bola com o braço, antes de marcar. Só que a falta de pontaria também impediu um triunfo alvinegro.

Já o Coelho mostrou desequilíbrio tanto técnico, quanto emocional, ao longo do confronto, sobretudo no segundo tempo.

Antes de enfrentar o Cruzeiro, no próximo domingo, no primeiro embate da final, no Independência, o Atlético volta suas atenções para a Copa Libertadores. Na tarde desta terça-feira, o time embarca para a Colômbia, onde enfrenta o Santa Fe, na quinta, às 23h, pela quinta rodada do grupo 4. Um empate é o suficiente para o Galo avançar às oitavas de final do torneio sul-americano.

Já o América foca a primeira fase da Copa do Brasil. O time viajaria na madrugada desta segunda-feira, com destino a Macapá. O Coelho encara o Santos-AP, na quarta, às 20h30, no duelo de ida da primeira fase do torneio.

O jogo. O lance mais polêmico se deu logo no início da partida. Após receber o lançamento de Tchô, Carlos Renato usou o braço para dominar a bola, antes de estufar as redes aos 4 min. A arbitragem confirmou o gol, causando revolta de torcedores e atletas alvinegros.

O clima ficou tenso depois deste erro grotesco. Por conta de jogadas mais ríspidas, americanos e atleticanos se estranharam no gramado em várias oportunidades. O resultado disso foram muitos cartões distribuídos para ambos os lados.

Apesar disso, houve muitos momentos emocionantes. O Galo esteve perto do empate ainda no primeiro tempo. Dos pés de Marion e Guilherme saíam boas jogadas. Já o Coelho investia nos contra-ataques com Tchô e Ricardinho.

O Atlético chegou à igualdade no placar no começo da segunda etapa. Após bobeada da defesa americana, a bola ficou para Berola, que encheu o pé para empatar.

Depois das expulsões de Carlos Renato e Obina, tudo que já era difícil, ficou impossível ao Coelho. Com o empate, deu Galo!

Leia tudo sobre: atleticogaloberolaneto berolamineiroamericacoelho