Enterro de operário morto no Itaquerão será em Diadema

Fabio Hamilton da Cruz sofreu uma queda de uma altura de 15 metros, foi levado ao hospital, mas não resistiu

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O corpo do operário Fabio Hamilton da Cruz, morto neste sábado após sofrer uma queda nas obras do Itaquerão, já foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Artur Alvim, na zona leste de São Paulo, e encaminhado para Diadema, cidade onde ele vivia e será enterrado. O velório acontece no cemitério municipal.

O operário de 23 anos despencou na manhã de sábado de uma altura de oito metros, segundo a Fast Engenharia, empresa responsável pelas obras das arquibancadas provisórias do estádio que será sede da abertura da Copa do Mundo - Corpo de Bombeiros diz que a altura era de 15 metros.

Depois de ser levado do Hospital Santa Marcelina, ele não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. O corpo do rapaz já passou por uma verificação e foi encaminhado para o velório, que acontece durante a tarde deste domingo.

Leia tudo sobre: operarioenterrodiademaitaquerao