Real goleia e segue próximo a Barça e Atlético de Madrid

O resultado levou o time aos 73 pontos, três a menos do que tem o seu adversário da capital espanhola, enquanto o seu arquirrival da Catalunha está com 75

iG Minas Gerais | agência estado |

Com extrema facilidade, o Real Madrid goleou o Rayo Vallecano por 5 a 0, neste sábado, no Santiago Bernabéu, e manteve a perseguição ao líder Atlético de Madrid e ao vice-líder Barcelona no Campeonato Espanhol. O resultado levou o time aos 73 pontos, três a menos do que tem o seu adversário da capital espanhola, enquanto o seu arquirrival da Catalunha está com 75.

Horas mais cedo, o Barça derrotou o Espanyol por 1 a 0, enquanto o Atlético de Madrid venceu o Athletic Bilbao por 2 a 1, em outros jogos válidos pela 31ª rodada da competição nacional, na qual o Rayo Vallecano acabou estacionando nos 33 pontos, na 13ª colocação.

Cristiano Ronaldo, Carvajal, Gareth Bale (duas vezes) e Alvaro Morata fizeram os gols da vitória do Real neste sábado. O primeiro deles foi marcado pelo astro português, que chegou aos 28 ao total na artilharia isolada do Campeonato Espanhol, enquanto Diego Costa, do Atlético de Madrid, é o vice-artilheiro com 25.

Depois de boa jogada pela direita, Bale acionou Cristiano Ronaldo, que invadiu em velocidade, passando por vários marcadores que o cercavam, e finalizou para as redes, abrindo o placar aos 14 minutos.

Depois disso, o Real só foi voltar a marcar de novo aos 9 da etapa final. Após rápida troca de passes pela direita, Cristiano Ronaldo recebeu pelo meio e apenas ajeitou para trás para Carvajal bater de primeira.

E o terceiro gol também foi em alta velocidade, mas em jogada desta vez pela esquerda, na qual Di María cruzou da esquerda para Bale fazer o seu primeiro no jogo, aos 22 minutos. E, já aos 24, o mesmo astro galês foi o autor da pintura que resultou no quarto gol. Após bola rebatida em escanteio cobrado pelo Rayo ele pegou a sobra ainda perto da grande área e saiu enfileirando adversários, antes de dar uma meia-lua no último defensor e tocar com categoria na saída do goleiro.

A facilidade era tanta que, aos 33 minutos, Morata fechou o placar com outro belo gol. Ele recebeu pelo lado esquerdo da área, ajeitou para o pé direito e bateu com curva para acertar o ângulo esquerdo do goleiro adversário: 5 a 0.

Leia tudo sobre: futebol