Parceria entre BID e BDMG vai financiar micro-empresas

Banco mineiro libera R$ 60 mi e BID garantirá R$ 20 milhões

iG Minas Gerais | Helenice laguardia |

Bom negócio. Presidentes do BID (camisa verde) e do BDMG assinam convênio, na Costa do Sauípe
Arlette Pedraglio / BID
Bom negócio. Presidentes do BID (camisa verde) e do BDMG assinam convênio, na Costa do Sauípe

Costa do Sauípe (BA). Micro e pequenas empresas mineiras que estão iniciando um negócio e que o faturamento não ultrapasse R$ 3,6 milhões terão acesso a uma linha de crédito de R$ 60 milhões fruto da parceria entre o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Ontem, os dois presidentes – o diplomata colombiano Luis Alberto Moreno, do BID, e Matheus de Carvalho, do BDMG, assinaram o convênio, durante a Reunião Anual das Assembleias de Governadores do BID na Costa do Sauípe (BA). Pelo acordo, o BID faz uma garantia parcial de crédito de R$ 20 milhões (US$ 10 milhões ) que vai permitir ao BDMG colocar R$ 60 milhões. O banco público mineiro é o primeiro do Brasil a fazer parte do Programa Oportunidades para a Maioria do BID que permite acesso a esse fundo garantidor.

A repórter viajou a convite do BDMG

Números

Mundo. O programa está presente em 18 países. O BDMG espera atingir 6.000 empresários. Eles terão prazo de dois anos para pagamento do empréstimo, com três meses de carência.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave