Paciente controla exoesqueleto que dará chute inicial da Copa do Mundo

iG Minas Gerais |


Vídeo mostra paciente controlando o exoesqueleto
Reprodução / Facebook
Vídeo mostra paciente controlando o exoesqueleto

São Paulo. O neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis divulgou nesta semana em sua página pessoal do Facebook um vídeo que mostra um paciente controlando o exoesqueleto desenvolvido por ele e sua equipe pelo Projeto Andar de novo (The Walk Again Project). O exoesqueleto é um equipamento que pretende fazer um jovem paraplégico dar o pontapé inicial da Copa do Mundo.

No texto em que postou, o pesquisador diz que “a menos de 80 dias para a abertura do Mundial”, que será em São Paulo em junho, “oito pacientes que fazem parte do projeto estão aptos a controlar os movimentos do exoesqueleto usando a atividade elétrica cerebral”.

Nicolelis descreveu que o vídeo sobre o projeto contém “momentos históricos em que um desses pacientes usou a sua atividade cerebral pela primeira vez para controlar os movimentos de um andador robótico que simula o funcionamento do nosso exoesqueleto”.

Cerca de cem cientistas norte-americanos, europeus e brasileiros trabalham no Andar de novo, uma parceria entre a Universidade Duke e instituições de Lausanne, na Suíça, Berlim e Munique (ambas na Alemanha), Natal e São Paulo.

O exoesqueleto é um aparelho que envolve os membros paralisados – no caso de um paraplégico, as pernas. Ele pode ser conectado diretamente ao cérebro do paciente, que então controlaria o equipamento como se fosse parte de seu próprio corpo. Dessa forma, seria perfeitamente possível que um paraplégico chutasse uma bola.

A técnica faz parte de uma linha de pesquisa conhecida como “interface cérebro-máquina”, com a qual Nicolelis já obteve resultados internacionalmente relevantes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave