Casa inclusiva

Projetos vislumbram novas possibilidades para criar espaços funcionais e modernos

iG Minas Gerais | Ana Paula Braga |

Conforto. Elementos mais baixos como nesta sala de estar trazem funcionalidade às atividades dos moradores
Adesp/ Divulgação
Conforto. Elementos mais baixos como nesta sala de estar trazem funcionalidade às atividades dos moradores

No ano em que a Lei da Acessibilidade completa 14 anos de existência, compartilhar algumas soluções de decoração para ter uma casa adaptada ao dia a dia de idosos e pessoas com necessidades especiais se torna algo indispensável. Prova disso é que os projetos de arquitetura e design de interiores estão cada vez mais modernos e acessíveis, com recursos que conseguem respeitar os limites de cada morador, sem deixar a beleza de lado.

Seja para fazer uma pequena reforma ou investir na repaginada do visual de determinados cômodos, os profissionais que atuam na área precisam estar por dentro das regras de acessibilidade (NBR 9050), da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), associadas às especificidades ergonômicas e funcionais.

Vislumbrar novas possibilidades para a criação de ambientes funcionais arrojados e que atendam de forma adequada às pessoas com dificuldades especiais foi o norte de um dos projetos recentes do arquiteto Maxwell Geraldi.

“Sempre é possível propor algo novo. Pessoas com deficiência também podem ter uma casa adequada às suas necessidades e que esteja mobiliada e decorada dentro das tendências do setor”, afirma.

De acordo com a arquiteta Vanessa Pacola, hoje em dia é possível realizar adaptações simples e de baixo custo, capazes de diminuir o risco de acidentes e tornar os espaços mais seguros e livres de obstáculos. “A alternativa mais fácil e rápida é a retirada de mobiliários que dificultam a circulação, como tapetes ou capachos. Outras medidas importantes, mas que demandam um planejamento de verba maior é a construção de rampas, instalação de elevadores ou, ainda, eliminação de desníveis no piso”, exemplifica.

Leia tudo sobre: decoraçãoacessibilidade