Evento se consolida no segmento turístico

Encontro de turismo no estado que foi realizado na primeira metade do mês de março, superou às expectativas e obteve sucesso

iG Minas Gerais |

Participaram do salão 42 circuitos turísticos, representando 452 cidades mineiras
Filipe Diniz/SETES MG/Divulgação
Participaram do salão 42 circuitos turísticos, representando 452 cidades mineiras

Ocorrido nos dias 14 e 15 de março, o  6º Salão Mineiro do Turismo, contou com um público de 6,7 mil pessoas durante os dois dias de realização. Em relação ao ano passado, houve um aumento de 20% no número de visitantes e o evento se consolidou como um espaço de credibilidade para o trade turístico e para o público final.

Foram realizadas 30 palestras, com temas diversos como mercado, inovação, oportunidades, tendências do setor e gastronomia que totalizaram um público de 2.500 participantes. A nota média de avaliação do evento cresceu 11% em relação a 2013.

O Sebrae realizou rodada de negócios entre sete operadoras âncora e 31 operadoras ofertantes, que encerraram o evento com a expectativa de fechar R$ 5 milhões em negócios futuramente.

Participaram do salão 42 Circuitos Turísticos, representando 452 municípios mineiros. Os municípios trouxeram, além de informações turísticas, artesanato, quitandas, manifestações culturais regionais e produtos típicos para degustação e comercialização. Os estandes ocuparam o Salão dos Destinos, no 2º andar do Minascentro e foram distribuídos por seis segmentos: bem-estar, rural, negócios, cultura, natureza, serras e natureza, e águas.

As agências de viagem, operadoras e receptivos turísticos do Programa Minas Recebe também marcaram presença, oferecendo aos visitantes sua cartela de produtos e roteiros, promovendo o turismo no Estado e possibilitando a ampliação da presença dos receptivos locais no mercado turístico regional e nacional. Foram, ao todo, 51 receptivos representando 28 municípios.

O evento contou com 162 estandes, dentre os da Secretaria de Estado de Turismo e Esportes e parceiros, ABAV, Circuitos e Receptivos, que ocuparam o 1º e 2° pisos do Minascentro.

Um dos pontos altos do evento foi a configuração dos Espaços Vivenciais Temáticos, no primeiro andar do Minascentro. Dedicados a negócios, religiosidade e cultura, aventura e natureza, esportes, café e gastronomia, os estandes deram lugar a cenários, que permitiram ao público interagir com o que há de melhor nos roteiros de Minas, como o espaço transformado em gruta. Lá, estavam representados o Caminho Religioso da Estrada Real, o Inhotim, o Instituto Vale Verde. O segmento de turismo de aventura foi montado por empresários do programa Minas Recebe.

O encontro, se deu graças à parceria com o Sebrae e o apoio de instituições como a Fecomércio, o Inhotim, a Fiemg, o Instituto Estrada Real, a Fecitur, a Associação das Cidades Históricas, a Belotur, o Circuito Cultural Praça da Liberdade, o Ministério do Turismo, a Prominas,  e a Prefeitura de Belo Horizonte.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave