Praia Clube recebe Sesi para se manter vivo na Superliga

Paulistas venceram primeiro duelo, na Vila Leopoldina, por 3 a 1, mas temem força da torcida uberlandense

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

Praia chega de derrota no interior paulista e busca recuperação contra adversárias diretas em briga pelo G-4
ALEXANDRE ARRUDA - CBV
Praia chega de derrota no interior paulista e busca recuperação contra adversárias diretas em briga pelo G-4

Só uma vitória neste sábado poderia deixar vivo o sonho do Banana Boat-Praia Clube, de Uberlândia, a chegar pela primeira vez nas semifinais. A equipe do Triângulo Mineiro receberá o Sesi-SP, às 13h, no ginásio do Praia, e tentará forçar um terceiro encontro entre os dois times.

Classificados em quarto e quinto lugar na primeira fase, os dois times formam o duelo que, em teoria, é o mais equilibrado dos play-offs. Mas é em fatores extra-quadra que as uberlandenses se apoiam para tentar bater as paulistas.

“Precisamos que a torcida encha o ginásio e torça pela nossa equipe. O nosso torcedor vai motivar e dar confiança para as nossas atletas”, afirmou o técnico Spencer Lee, do Praia.

Atuais campeãs do Sul-Americano após vencera a invicta equipe do Molico-Nestlé-SP, as atletas do Sesi chegam com a responsabilidade de anteciparem sua vaga, mas confessam que a confiança apontada por Spencer Lee pode inflamar as donas da casa.

“É um dos lugares em que a torcida mais apoia. Ela joga junto. São milhares de pessoas gritando por elas, mas acho que isso não pode influenciar o nosso time”, disse a central Bia.

Leia tudo sobre: praia clubesesisuperliga femininaspencer leebiaplay-offsginásio do praia