'Inflação não vai passar dos limites em 2014" garante Mantega

Ministro afirmou que a economia é resistente e apresenta bons fundamentos, a ponto de registrar uma apreciação do real de 3,52% nos últimos três meses

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, garantiu na manhã desta sexta-feira (28), que a inflação neste ano não irá superar o teto da meta, de 6,5%. "Esse ano, inflação não vai passar dos limites apesar de há pressões inflacionárias", disse o ministro, após dizer que o teto da meta é uma "margem" para "permitir a inflação subir" quando há choque de oferta.

"A alta inflação do passado foi combatida", disse Mantega, ressaltando que o Plano Real foi importante nesse processo. "De 2003 em diante temos mantido inflação dentro da meta. Nós cumprimos o regime de metas", afirmou Mantega, dizendo: "Nunca ultrapassamos o limite superior".

Real valorizado

O ministro afirmou que a economia do País é resistente e apresenta bons fundamentos, a ponto de registrar uma apreciação do real de 3,52% nos últimos três meses. "Está entrando muito capital no Brasil", disse. "Algumas análises equivocadas chegaram a manifestar que o País era vulnerável. Mas essas avaliações até já pararam", destacou.

Ele ponderou que da dívida externa de US$ 311 bilhões, cerca de US$ 60 bilhões são de curto prazo, que vencem num horizonte de 12 meses. O ministro também destacou que recentemente o governo fez duas captações externas, a mais recente ocorrida ontem, com a captação de um bilhão de euros, com taxas de juros de 2,8%, o que considerou ser um patamar interessante.

Mantega fez os comentários ao proferir aula magna da Escola de Economia de São Paulo (EESP-FGV).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave