Fábio espera que intertemporada nos EUA seja proveitosa como em 2013

Arqueiro acredita que o clube encontrou uma boa alternativa para preencher o período em que o futebol brasileiro estará parado por causa da Copa

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Marcelo Oliveira é mais um que defende a convocação de Fábio para a seleção brasileira
Washington Alves/VIPCOMM
Marcelo Oliveira é mais um que defende a convocação de Fábio para a seleção brasileira

Pelo segundo ano consecutivo o Cruzeiro viajará aos Estados Unidos para um período de intertemporada. Aproveitando a paralisação para a Copa do Mundo, a ser realizada entre junho e julho no Brasil, a Raposa decidiu embarcar mais uma vez para a Terra do Tio Sam.

Capitão e uma das grandes lideranças do plantel estrelado, o goleiro Fábio acredita que o clube encontrou uma boa alternativa para preencher o período em que o futebol brasileiro estará parado devido ao Mundial.

“Precisamos de um lugar para fazer preparação e retornar com tudo no Brasileiro. Ano passado, usufruímos muito bem disso, tivemos preparo físico para Brasileiro, com poucas lesões. Foi trabalho bem realizado. Esperamos usufruir da mesma forma”, ressaltou o goleiro.

A Copa do Mundo no Brasil também proporcionou ao Cruzeiro ceder o seu centro de treinamento a uma importante seleção da América do Sul, que usará às dependências da Toca II como “quartel general” durante o Mundial.

“A gente tinha de arrumar uma viagem para fazer intertemporada, porque a Toca estará com  a seleção chilena. Todo planejamento é super importante, e a tendência de dar certo é muito maior. Ano passado foi prova disso. Esse ano é período maior, temos de olhar treinamentos para a medida certa e voltar no ponto ideal”, comentou Fábio.

A delegação do Cruzeiro ficará em intertemporada na América do Norte por 24 dias, saindo de Belo Horizonte no dia 14 de junho, com permanência nos Estados Unidos até o dia 8 de julho. A Raposa fará de quatro a cinco amistosos com equipes norte-americanas e mexicanas, em cidades como Nova Iorque, Boston, Houston, Dallas, podendo ir até a Los Angeles.

Leia tudo sobre: fabioesperaintertemporadacruzeiroraposaeficienteanogoleiro