Rouba bolsa, mas é forçado a devolver o acessório à PM

Suspeito contou que foi obrigado por populares a entregar o objeto a viatura

iG Minas Gerais | Dayse Resende |

Ousadia. 
Vítima foi assaltada perto de delegacia da Polícia Civil
João Lêus
Ousadia. Vítima foi assaltada perto de delegacia da Polícia Civil

 

Um caso inusitado chamou a atenção de policiais do 33° Batalhão na quinta-feira (27). É que um homem suspeito de roubar uma bolsa na região Central, na rua Cecília Júlia do Prado, próximo à Delegacia Regional da Polícia Civil, foi obrigado a devolver o acessório para militares.   Segundo a corporação, o autor do crime, Walace Pereira da Silva, 27, teria contado aos policiais que atenderam à ocorrência que, depois de roubar a bolsa de uma mulher de 21 anos, ele teria evadido para o bairro Riviera, onde foi abordado por algumas pessoas que, além de o agredirem, o forçaram a entregar o acessório para a primeira viatura da polícia que passasse pelo local. O fato teria ocorrido em uma “boca de fumo”.   Durante diligências na região, Silva foi encontrado com diversos ferimentos pelo corpo e encaminhado para o Hospital Regional. Segundo a corporação, o suspeito foi reconhecido pela mulher por meio de fotos.    Na tarde de quinta-feira (27), a assessoria de imprensa do hospital informou que Silva ainda estava internado e que o seu estado de saúde era estável. O suspeito estava sob escolta policial.  Assim que for liberado, ele será levado para uma delegacia da Polícia Civil, onde deve ser autuado em flagrante.   Betim Industrial No mesmo dia, o vigilante de uma empresa, de 33 anos, no Betim Industrial, teve um revólver calibre 38 roubado.    De acordo com a PM, a vítima foi abordada por dois homens brancos, magros, estando um deles armado, que anunciaram o crime. Um colete à prova de balas usado pelo vigilante também foi roubado pela dupla. Nenhum suspeito foi preso. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave