Com espírito guerreiro, R. Goulart avisa: "Nada de fora pode abalar"

Para jogador da Raposa, esse é o momento dos celestes se unirem com o objetivo de alcançar as metas planejadas pelo clube

iG Minas Gerais | GABRIELA PEDROSO e BRUNO TRINDADE |

"Nada de fora pode abalar". Convicto da importância dos próximos jogos para o Cruzeiro, o meia-atacante Ricardo Goulart acredita que agora é o momento do time celeste se blindar e não deixar que os resultados ruins na Copa Libertadores diminuam a confiança do grupo e da torcida de que a classificação no torneio continental ainda é possível. "A gente tem que fechar o nosso grupo, treinador. Nada de fora pode abalar. Tem jogadores experientes que já passaram por coisas piores. Não podemos deixar terceiros colocarem dúvida no nosso time, e nem nós mesmos podemos colocar dúvida no nosso time, que tem qualidade", destacou Goulart. O meia-atacante reconhece que a campanha na Libertadores não era a esperada pela Raposa, mas lembra que o Cruzeiro tem grandes jogadores, capazes de levar o time a dar a volta por cima. "Nossa campanha do ano passado foi muito boa, mas isso já passou. A gente sempre quer ganhar fora e dentro, mas as coisas não estão saindo do jeito que a gente quer, coisas do futebol. Mas temos jogadores de qualidade para superar esses obstáculos", disse o jogador. Um desses atletas de qualidade tem sido Júlio Baptista que, desde que voltou a jogar pelo time, tem sido a sensação na Toca II. Em três jogos, o experiente atleta balançou as redes três vezes, ganhando a confiança do técnico Marcelo Oliveira e da torcida celeste. "Júlio [Baptista], todos sabem da qualidade, vem ajudando com jogadas, com gols. Espero que esse bom momento dele possa durar", completou Goulart.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposaLibertadoresricardo goularttimeblindarduvida