Everton Ribeiro admite dificuldade de separar Libertadores do Mineiro

Se no Estadual o Cruzeiro vai bem, o mesmo não se pode dizer da campanha no torneio continental, no qual a Raposa precisa de duas vitórias

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

O Cruzeiro vive duas situações muito diferentes nas competições que disputa no primeiro semestre deste ano. Semifinalista do Campeonato Mineiro e com vantagens para avançar às finais do Estadual, a Raposa não tem tido a mesma sorte na Libertadores. Na competição continental, o time celeste precisa de duas vitórias nos próximos jogos, contra Universidad de Chile (CHI) e Real Garcilaso (PER) se quiser continuar sonhando com uma vaga nas oitavas de final do torneio sul-americano. Cérebro do time, o meia Everton Ribeiro ainda busca a melhor forma técnica neste ano. Destaque do Cruzeiro na última temporada, o meio-campista admite dificuldade em manter o foco no Mineiro, em detrimento da Libertadores, mesmo com um jogo importante por fazer no domingo, contra o Boa Esporte. “Manter o foco no Mineiro e esquercer a Libertadores não é fácil, ainda mais na situação complicada em que a gente está. Temos que saber separar as coisas para a vaga na final do Mineiro não escapar das nossas mãos. Temos que deixar o foco na Libertadores de lado, pelo menos por enquanto”, ressaltou. Apesar de citar a dificuldade em “esquecer” a Libertadores, Everton Ribeiro mantém o discurso de respeito ao Boa Esporte, que terminou a fase de classificação do Estadual na quarta colocação. “Vamos ter o foco e a atenção que o Boa Esporte merece, uma equipe que mostrou qualidade, tem virtudes. Não vamos menosprezar a equipe, ainda mais o adversário de domingo. Mas vamos fortes, pois almejamos muito essa classificação para a final”, comentou, tentando deixar a tensão pré-jogo da La U de lado. “A partida contra o Boa, jogo de semifinal, é importantíssima para nós. Acabando esse jogo que é tensão total, pensaremos na La U. Temos que fazer um bom jogo no domingo para chegar bem na quinta”, completou. 

Leia tudo sobre: everton ribeirodificuldadecruzeiroraposajogadoressepararLibertadoresMineiro