Em jogo nervoso, Indiana Pacers derrota o Miami Heat na NBA

Clima esteve tenso desde os primeiros minutos do jogo, com provocação de ambos os lados

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Era apenas mais um jogo de temporada regular, mas o duelo entre Indiana Pacers e Miami Heat realizado na quarta-feira parecia confronto decisivo de playoffs. A partida teve de tudo: confusões, exclusão e emoção até o último segundo, mas no fim quem venceu foi o Pacers que atuava em casa. A equipe fez 84 a 83 e segue como líder da Conferência Leste.

O clima esteve tenso desde os primeiros minutos, com provocação de ambos os lados. Em certo momento, LeBron James fez falta flagrante em Roy Hibbert, que precisou ir para o vestiário após receber cotovelada no rosto. Lance Stephenson e Dwyane Wade não se entendiam e ambos tomaram faltas técnicas. A cinco minutos para o fim, Stephenson provocou Wade, tomou a segunda técnica e foi excluído do jogo.

A ausência de Stephenson poderia fazer falta ao Pacers, mas Evan Turner entrou muito bem, acertou cestas consecutivas e colocou os donos da casa na frente. David West, com uma rara bola de três, aumentou a diferença para quatro pontos, mas na sequência Chris Bosh também acertou de três e colocou o Heat no jogo. George Hill, então, perdeu os dois arremessos livres que tinha e o próprio Bosh teve a chance de garantir a vitória aos visitantes, mas errou o arremesso no último segundo.

Paul George, com 23 pontos e oito rebotes, foi o principal responsável pela vitória do Pacers, que ainda contou com os 21 pontos de Roy Hibbert. O grande cestinha da noite, no entanto, foi mais uma vez LeBron James, que anotou 38 pontos, além de oito rebotes. Dwyane Wade contribuiu com 15, mas Chris Bosh, apagado, anotou apenas oito.

Se o líder do Leste teve trabalho, o San Antonio Spurs, que está na ponta do Oeste, venceu com um pouco mais de tranquilidade o Denver Nuggets, por 108 a 103, em casa. A equipe texana liderava facilmente o placar até o último quarto, no qual perdeu por 36 a 24 e viu o Nuggets encostar. Mas foi só um susto.

Aos 37 anos, Tim Duncan deu mais uma prova de que ainda é um dos melhores da liga em sua posição e foi o destaque do jogo, com 29 pontos e 13 rebotes. O brasileiro Tiago Splitter contribuiu para a vitória com 10 pontos. Pelo Nuggets, destaque para os 25 pontos e oito assistências do reserva Aaron Brooks, além dos 24 pontos e 10 rebotes de Kenneth Faried.

Outro brasileiro que esteve em quadra na quarta-feira foi Anderson Varejão. E o pivô foi importante na vitória do Cleveland Cavaliers sobre o Detroit Pistons, mesmo fora de casa, por 97 a 96, ao anotar 12 pontos e 16 rebotes. O destaque da equipe, no entanto, foi Matthew Dellavedova, autor de 21 pontos.

Em outros jogos da noite, o New York Knicks contou com 36 pontos de Carmelo Anthony, além de 29 de J.R. Smith, para derrotar o Sacramento Kings por 107 a 99, fora de casa. Já o Los Angeles Clippers caiu diante do New Orleans Pelicans por 98 a 96, fora de casa, mesmo com os 31 pontos de Jamal Crawford.

Confira os resultados de quarta-feira na NBA:

Charlotte Bobcats 116 x 111 Brooklyn Nets

Washington Wizards 93 x 99 Phoenix Suns

Boston Celtics 90 x 99 Toronto Raptors

Detroit Pistons 96 x 97 Cleveland Cavaliers

Minnesota Timberwolves 107 x 83 Atlanta Hawks

New Orleans Pelicans 98 x 96 Los Angeles Clippers

Indiana Pacers 84 x 83 Miami Heat

San Antonio Spurs 108 x 103 Denver Nuggets

Sacramento Kings 99 x 107 New York Knicks

Utah Jazz 87 x 91 Memphis Grizzlies

Veja os jogos da NBA nesta quinta-feira:

Atlanta Hawks x Portland Trail Blazers

Houston Rockets x Philadelphia 76ers

Milwaukee Bucks x Los Angeles Lakers

Dallas Mavericks x Los Angeles Clippers  

Leia tudo sobre: nbabasquetepacersderrotaheatrodada