PM recebe três denúncias falsas sobre paradeiro der armas roubadas

Coronel relata que as pessoas devem ligar para o 181, porém as informações precisam ter algum fundamento; Seds não sabe precisar quantas denúncias foram recebidas sobre o caso

iG Minas Gerais | ALINE DINIZ |

Sala que guardava armas não tem monitoramento por câmeras e fica em local isolado, a cerca de 4 km do Dutra Ladeira
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Sala que guardava armas não tem monitoramento por câmeras e fica em local isolado, a cerca de 4 km do Dutra Ladeira

Nessa quinta-feira (26), a Polícia Militar (PM) recebeu três denúncias anônimas sobre o possível destino das armas roubadas no domingo na central de armas, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Uma delas informou que o material estaria em uma borracharia no bairro Jardim Colonial, também em Neves. Os militares foram ao local, mas não encontraram o armamento. Eles prenderam o dono do local que estava foragido da Justiça.

Outra denúncia informou que as armas estavam no bairro Independência, na região do Barreiro, na capital, e a terceira informação indicou que o material estava escondido no Cemitério da Saudade, na região Leste de Belo Horizonte, mas nada foi encontrado. Segundo o coronel Alberto Luiz Alves, assessor de comunicação da PM, a corporação vai investigar todas as denúncias que receber.

A Seds não sabe precisar quantas denúncias foram recebidas sobre o caso. 

O coronel relata que as pessoas devem denunciar, porém, é preciso tomar cuidado. "É preciso usar o serviço quando há uma suspeita real", disse Alves.

Leia tudo sobre: RIBEIRÃO DAS NEVESARMASribeirão das neves