Neymar volta a jogar bem, marca dois gols, e Barcelona vence Celta

Messi também deixou sua marca, chegou a 22 tentos e briga pela artilharia de La Liga; má notícia foi a lesão de Valdés, que se despede dos Blaugranas

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Neymar foi o nome da vitória do Barcelona sobre o Celta de Vigo por 3 a 0
Reprodução/Facebook
Neymar foi o nome da vitória do Barcelona sobre o Celta de Vigo por 3 a 0

Com dois gols de Neymar e outro de Messi, o Barcelona venceu o Celta por 3 a 0, nesta quarta-feira, no Camp Nou, e assumiu a liderança provisória do Campeonato Espanhol. O time chegou aos 72 pontos e ultrapassou Atlético de Madrid e Real Madrid, que estão empatados com 70 e jogam ainda nesta quarta, respectivamente contra Granada e Sevilla, pela 30ª rodada da competição.

O Barça, porém, não teve só motivos para comemorar no confronto, pois perdeu o goleiro Víctor Valdés, lesionado já aos 22 minutos do primeiro tempo. O jogador caiu no chão com dores após defender uma cobrança de falta batida pelo chileno Fabián

Orellana, quando o time catalão já vencia por 1 a 0, depois de Neymar ter aberto o placar aos 5 minutos.

Valdés, que anunciou há um bom tempo que irá deixar o Barcelona ao final desta temporada do futebol europeu, pareceu ter pisado de mal jeito no gramado e depois levou as mãos ao joelho direito. Retirado desolado de maca do gramado do Camp Nou, ele foi substituído por José Manuel Pinto, preocupando companheiros de equipes, a comissão técnica e a torcida.

Ao se lesionar de forma aparentemente mais séria, Valdés também se tornou preocupação para a seleção espanhola. Reserva direto do titular Iker Casillas no gol do time nacional, ele é nome certo na convocação que será anunciada pelo técnico Vicente del Bosque para a Copa do Mundo de 2014, mas agora já não se sabe quando o jogador poderá voltar a atuar. O departamento médico do Barça deve divulgar comunicado nas próximas horas ou mais tardar nesta quinta-feira para falar sobre a real gravidade da lesão e o período estipulado de tratamento.

Antes de Valdés se lesionar, Neymar, ao abrir o placar no duelo diante do Celta, encerrou um jejum de gols que durava 39 dias - não marca desde 15 de março, quando fechou a goleada por 6 a 0 sobre o Rayo Vallecano. O jogador, que chegou a amargar a reserva recentemente, não balançava as redes em qualquer partida desde quando marcou três vezes na goleada por 5 a 0 que a seleção brasileira aplicou na África do Sul, em amistoso realizado no Soccer City, em Johannesburgo.

O primeiro gol do Barça nesta quarta saiu em uma boa trauma do ataque. Depois de receber passe de Iniesta, Messi deixou Alexis Sanchez na cara do gol, mas o chileno preferiu tocar para o meio onde Neymar só teve o trabalho de empurrar para as redes, com o goleiro já batido no lance.

Aos 29 minutos, Messi ampliou para o time da casa ao receber belo passe de Iniesta, driblar o goleiro com extrema tranquilidade e tocar para o gol.

Na etapa final, Neymar selou a vitória por 3 a 0 aos 22 minutos ao receber lançamento pela esquerda, invadir a grande área, iludir a marcação de dois defensores e bater cruzado.

No outro jogo já disputado nesta quarta pelo Campeonato Espanhol o Rayo Vallecano derrotou o Osasuna por 1 a 0, em casa, graças a um gol de pênalti marcado por Joaquin Larrivey, já nos acréscimos do segundo tempo. Assim, o time se garantiu na terceira colocação, com 33 pontos, mesma pontuação do Celta, 12º nos critérios de desempate. Já o Osasuna é o 17º, logo acima da zona de rebaixamento, com 29 pontos.

Leia tudo sobre: neymarmessivictor valdesbarcelonabarcafutebolesportecampeonato espanholla liga