América protocola na FMF representação contra arbitragem

Coelho destacou que Cleisson Velloso Pereira foi escalado para apitar o jogo contra a Caldense e inverteu muitos lances

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

Flávio Lopes diz que diretoria americana não aceitará indisciplina e erros de arbitragem
Site oficial/Divulgação
Flávio Lopes diz que diretoria americana não aceitará indisciplina e erros de arbitragem

A diretoria do América entrou na terça-feira com uma representação na Federação Mineira de Futebol (FMF) contra o árbitro Cleisson Velloso Pereira e o assistente Celso Luiz da Silva, que trabalharam no clássico do último domingo, contra o Atlético, quando o time perdeu de 4 a 1, em partida válida pela semifinal do Campeonato Mineiro.

No documento protocolado na entidade, o clube cita os erros cometidos pela arbitragem, lembrando que Cleisson Velloso Pereira e Celso Luiz da Silva já haviam trabalho no clássico contra o mesmo Atlético na fase classificatória do Estadual e deixaram de dar um pênalti no atacante Obina. O América também destaca que Cleisson Velloso Pereira foi escalado para apitar o jogo contra a Caldense e inverteu muitos lances.

O América ressaltou ainda que Cleisson Velloso e Celso Luiz da Silva foram sorteados para apitar o primeiro clássico da semifinal do Campeonato Mineiro. Naquela partida, segundo o documento, eles deixaram de marcar impedimento no gol do Otamendi e erraram ao dar pênalti do goleiro Matheus no atacante Neto Berola.

O clube destacou que Celso Luiz da Silva demonstrou desrespeito com o América e teria dito após a partida que o “time não joga nada e reclama mesmo, o juiz que ganhou o jogo para o Atlético”. No fim do documento, o América pediu que a FMF tome as providências para punir os juízes e solicitou a entidade que eles nunca mais trabalhem em jogos do clube.

Leia tudo sobre: futebol nacionalaméricacampeonato mineirocoelho