Após quebrar as pernas, homem espera oito dias para ser operado

Secretaria de Saúde de Contagem informou que o paciente está sendo tratado desde quinta-feira (20) por ortopedistas do Hospital Municipal de Contagem e deve ser transferido para o Hospital Santa Rita, para realização do procedimento cirúrgico, no sábado (29)

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER / CAROLINA CAETANO |

O pintor Sávio Gomes Cota, de 44 anos, que quebrou as duas pernas após cair de uma escada do segundo andar de uma casa durante o trabalho na quinta-feira (20), terá que passar por oito dias para passar por procedimento cirúrgico.

O aposentado Sebastião Cota, de 80 anos, pai da vítima, relatou a reportagem que seu filho está em condições precárias. “Ele foi atendido e ficou dois dias sentado na mesma posição, em um corredor. Após este tempo, voltei ao hospital e com muita briga consegui um quarto para meu filho. Mas, ele está apenas com curativos e vai ter que esperar muito para ser operado”, declarou.

A Secretaria de Saúde de Contagem declarou que o paciente está recebendo todos os cuidados necessários por parte da equipe de ortopedia do Hospital Municipal de Contagem, onde está desde quinta. Na próxima sexta-feira (28) ele será transferido para o Hospital Santa Rita, para realização do procedimento cirúrgico, no sábado.

Para o pai de Sávio a indignação se deve pela sensação de impotência. “Fico revoltado com a situação. Ver aquele hospital lotado, meu filho todo machucado e não poder fazer nada me deixa mais nervoso”, termina o aposentado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave