Mortos em deslizamento de terra nos EUA chega a 16

As descobertas diminuíram a esperança de encontrar sobreviventes entre a lama à medida que há novas ameaças de desmoronamentos e enchentes

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

As equipes de resgate que atuam no grande deslizamento de terra que afetou uma comunidade rural no estado de Washington encontraram mais dois corpos e acreditam ter localizado outros oito nesta quarta-feira (26). O número oficial de mortos subiu para 16, com possibilidade de chegar a 24, informou o Corpo de Bombeiros local.

As descobertas diminuíram a esperança de encontrar sobreviventes entre a lama à medida que há novas ameaças de desmoronamentos e enchentes. Dezenas de pessoas ainda estão desaparecidas. Autoridades trabalham com uma lista de 176 pessoas, embora acredita-se que alguns nomes estejam duplicados.

O corpo de bombeiros local informou que uma nova lista de desaparecidos será divulgada nesta quarta-feira.

Outra notícia abalou as buscas pelos desaparecidos. Em 1999, um geólogo já havia advertido sobre um deslizamento de terra potencial na comunidade rural e pedia que as autoridades ficassem em alerta para esse perigo. "Eu sabia que um evento desta magnitude iria acontecer, só não sabia precisar quando ocorreria", disse o geólogo Daniel Miller, responsável pelo estudo.

Autoridades da comunidade rural disseram que não tiveram conhecimento do alerta. A porta-voz do Corpo de Engenheiros dos EUA, em Seattle, disse que o relatório foi concebido não como uma avaliação de risco, mas como um estudo para a restauração de ecossistemas. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave