Após suspeita de bomba, Nadal vai às quartas em Miami

Líder do ranking mundial, tenista espanhol bateu o italiano Fabio Fognini para avançar na competição nos Estados Unidos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Nadal venceu Wawrinka por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 7/6 (8/6)
Divulgação/Nike
Nadal venceu Wawrinka por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 7/6 (8/6)

Uma suspeita de bomba, em razão de uma mochila encontrada em frente à entrada da quadra central do complexo de Crandon Park, atrasou o início da partida de Rafael Nadal na noite de terça-feira, no Masters 1000 de Miami. Mas esse foi o único susto enfrentado pelo tenista espanhol, que se classificou sem dificuldades para as quartas de final do torneio.

O número 1 do mundo não teve qualquer problema para confirmar o seu favoritismo e derrotou o italiano Fabio Fognini por 2 sets a 0, com um duplo 6/2, em 1 hora e 2 minutos. Assim, Nadal avançou em Miami e ampliou o seu retrospecto positivo diante do 14º colocado no ranking da ATP, com quatro vitórias em quatro jogos.

Na noite de terça-feira, Nadal começou a partida em ritmo forte e abriu 4/0, com quebras de serviço no primeiro e terceiro games. Assim, encaminhou rapidamente a sua vitória no primeiro set, definido em 6/2. A segunda parcial também foi fácil. Nadal conseguiu uma quebra de saque logo no primeiro game. Depois, obteve outra no quinto, fez 5/1 em seguida e fechou o set novamente em 6/2 e o jogo em 2 a 0.

Assim, Nadal segue firme na luta pelo seu primeiro título do Masters 1000 de Miami, torneio em que foi vice-campeão em 2005, 2008 e 2011. Até agora, ele perdeu apenas nove games nesta edição do torneio, sendo quatro para o australiano Lleyton Hewitt, um para o usbeque Denis Istomin e quatro para Fognini.

Nas quartas de final, o espanhol terá pela frente o canadense Milos Raonic, número 12 do mundo, que derrotou o alemão Benjamin Becker, 93º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. Nadal lidera o confronto direto por 4 a 0 e nunca perdeu um set para o canadense.

Já o tcheco Tomas Berdych se classificou às quartas de final ao derrotar o norte-americano John Isner, décimo colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5, em 1 hora e 30 minutos. O próximo oponente do número sete do mundo será o ucraniano Alexandr Dolgopolov, 23º colocado no ranking, algoz do suíço Stanislas Wawrinka.

Os outros dois duelos das quartas de final do Masters 1000 de Miami também estão definidos. O suíço Roger Federer vai encarar o japonês Kei Nishikori e o sérvio Novak Djokovic medirá forças com o britânico Andy Murray.

Leia tudo sobre: nadalameaçabombatenisjogomastersmiami