Com atraso, CBF reinaugura Granja Comary nesta quarta

CT localizado em Teresópolis será a casa da seleção brasileira antes e durante a Copa do Mundo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Na área aberta da Granja Comary, uma pequena arquibancada foi restaurada e vai servir para abrigar cerca de 600 jornalistas
RAFAEL RIBEIRO/ CBF
Na área aberta da Granja Comary, uma pequena arquibancada foi restaurada e vai servir para abrigar cerca de 600 jornalistas

Nem dezembro de 2013, muito menos janeiro passado. As datas previstas para a reinauguração da Granja Comary, centro de treinamento da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) expiraram. A casa da seleção será reaberta oficialmente nesta quarta-feira, em evento marcado para as 11h, em Teresópolis, na região serrana do Rio.

No fim de novembro, o presidente José Maria Marin garantiu que as obras, com custo estimado em R$ 15 milhões, estariam prontas em janeiro. Três meses antes, em uma entrevista no Rio, o coordenador da seleção, Carlos Alberto Parreira, havia sido categórico: as obras em Teresópolis tinham de estar finalizadas em dezembro.

Apesar dos atrasos, a CBF encontrou motivo para comemorações. No seu site oficial, exalta: "foram 10 meses de obras e reformas nos cerca de 8.500 m² de área construída da Granja Comary, um tempo recorde". As intervenções, porém, começaram em janeiro de 2013. Há 14 meses, portanto. No começo de fevereiro do ano passado, 300 operários já trabalhavam na obra, conforme revelou o Estado.

A Granja Comary será a casa da seleção brasileira antes e durante a Copa do Mundo. O CT, inaugurado em 31 de janeiro de 1987, agora tem 30 suítes individuais e seis duplas, abrigando assim 42 pessoas. Jogadores e comissão técnica terão quartos individuais. Antes, existiam 22 apartamentos duplos, com 44 leitos.

O hotel ainda contará com sala de convivência para jogadores receberem parentes, salão de jogos, sala de videogame, academia, salas separadas para departamento médico e fisioterapia, barbearia, odontologia, podologia, farmácia, com lavanderia, almoxarifado e estamparia, além do restaurante.

O vestiário da seleção agora tem área separada para comissão técnica, spa com duas banheiras de hidromassagem, saunas seca e a vapor, e outras duas banheiras destinadas à crioterapia. A academia foi "totalmente modernizada", segundo a CBF. Ainda foram criadas uma sala de fisiologia e outra para o departamento médico e para a fisioterapia.

Um dos três campos do CT foi preparado para os treinos visando a Copa do Mundo e recebeu o mesmo tipo de grama e de irrigação usados nos gramados do Mundial. A preparação do time do técnico Luiz Felipe Scolari começa em 26 de maio.

Leia tudo sobre: granja comarycopa do mundoinauguradateresopolis