Duas perguntas para: Ibama

O TEMPO perguntou a quantidade de multas aplicadas e se o Ibama tem conhecimento das inúmeras queixas

iG Minas Gerais | Ana Paulo Pedrosa |

Área afetada na região do Turco, distrito de Conceição do Mato Dentro. Foto: Mariela Guimarães
MARIELA GUIMARAES / O TEMPO
Área afetada na região do Turco, distrito de Conceição do Mato Dentro. Foto: Mariela Guimarães

Ao longo do caminho que a reportagem percorreu, muitos moradores das cidades atingidas reclamam de problemas ambientais, como erosão e extinção de nascentes com assoreamento de córregos. O Ibama tem conhecimento dessas queixas? Quantas são?

Todas as queixas registradas na linha verde ou comunicadas via carta são analisadas pelo Ibama, que tem notificado o empreendedor a adotar as providências necessárias para corrigir os possíveis desvios.

O Ibama já aplicou multas à Anglo American e suas parceiras na construção do mineroduto? Quantas? Quando? E qual o valor?

Até o momento, o Ibama notificou a empresa a adotar medidas corretivas em ocasiões diversas, observadas nas vistorias técnicas.

Leia tudo sobre: minerodutominas geraisibama