Sesi-SP supera Brasil Kirin em confronto equilibrado

Paulistas da capital tiveram que correr atrás do placar no início dos sets, mas se encontraram em quadra e saíram com a vantagem

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

Sesi passou a utilizar bloqueio no terceiro set e investiu nos contra-ataques para superar rivais
Brasil Kirin/Divulgação
Sesi passou a utilizar bloqueio no terceiro set e investiu nos contra-ataques para superar rivais

Mais um clássico emocionante nas semifinais da Superliga deste ano. O Sesi-SP recebeu  e venceu o Brasil Kirin-SP por 3 sets a 1 (30/28, 18/21, 21/14 e 22/20) e teve grande dificuldade para superar o adversário, mas encontrou seu estilo de jogo e entrará com a vantagem no próximo duelo.

Mesmo na casa do adversário, os campineiros começaram ditando o tom da partida e chegaram a administrar os primeiros pontos com certa vantagem. Com longos ralis, o primeiro set foi marcado pelos erros entre as equipes e as largadinhas utilizadas pelos jogadores, numa tentativa de fugir dos bloqueios.

Em desvantagem, o Sesi correu atrás e “queimou” três set-points do Brasil Kirin. Igualados no placar, as equipes mantiveram o ponto a ponto até Lucão bloquear Rivaldo e encerrar a primeira etapa.

O equilíbrio se manteve no segundo set, que foi bastante semelhante ao primeiro. O clube de Campinas largou na frente e passou a utilizar melhor o bloqueio, que acabou fazendo a diferença para impedir os ataques de Renan e Lucão, principalmente.

Empatados no placar, Sesi e Brasil Kirin voltaram com atitude diferente para a terceira etapa. Os donos da casa dominaram melhor o jogo e foram atrás das bolas mais difíceis. Antes do décimo ponto, Serginho foi buscar uma bola no fundo da quadra e conseguiu mandar para o levantador Sandro, que encontrou Lucarelli na entrada de rede. O ponteiro bateu no fundo da quadra e aumentou vantagem dos paulistas da capital.

O quarto e último set voltou a ser disputado no ponto, com os dois clubes fazendo um grande jogo. Os campineiros até tiveram um set point para levar o duelo ao tie-break, mas com um erro de saque e um ataque para fora, a equipe saiu derrotada. Eleito o melhor em quadra, com nove pontos marcados, o ponteiro Murilo afirmou que esta foi sua melhor partida desde que se recuperou de uma cirurgia no ombro. “Hoje foi o melhor jogo que fiz, ou pelo menos o que mais pontuei. Fiquei muito feliz com o ataque, porque faziam 11 meses que eu não fazia um jogo desse. Estou muito feliz. Sofri bastante em quadra, mas foi bom”, declarou após o jogo.

Os dois times voltam a se enfrentar no dia 5 de abril, sábado, às 9h30.

Leia tudo sobre: brasil kirinsesivôleiplay-offssuperligasemifinais