City vence clássico de Manchester e cola na ponta da Premier League

Equipe venceu o United por 3 a 0 e chegou ao seu terceiro triunfo seguido na casa do rival, algo inédito na história dos clássicos

iG Minas Gerais | agência estado |

Yaya Touré comemora gol que deu números finais ao clássico de Manchester
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/REPRODUÇÃO
Yaya Touré comemora gol que deu números finais ao clássico de Manchester

Por 34 anos, o Manchester United não perdeu nenhuma vez em Old Trafford para o vizinho Manchester City. Mas o jejum, encerrado em 2008, agora faz parte mesmo apenas dos livros de história. Nesta terça-feira, em jogo adiado da 25.ª rodada do Campeonato Inglês, o City venceu o United por 3 a 0 e chegou ao seu terceiro triunfo seguido na casa do rival, algo inédito na história.

O resultado é importante não só pela rivalidade, mas para a classificação do Campeonato Inglês. Com 66 pontos, o Manchester City assume a segunda colocação e se aproxima do Chelsea, que soma 69 pontos. A diferença é que o time do técnico Manuel Pellegrini tem dois jogos a menos (29 a 31) que a equipe de José Mourinho.

Precisou menos de um minuto para o City abrir o placar em Old Trafford. A defesa do United deu toda a bobeira possível, Nasri mandou na trave e Dzeko marcou na sobra. O bósnio ampliaria na segunda etapa, aos 11, depois de escanteio batido pelo francês. Já no finalzinho, aos 45, Touré fechou a contagem para a equipe do brasileiro Fernandinho. Rafael foi titular do outro lado.

Para ajudar, o Arsenal tropeçou. Jogando em casa, em partida da 29.ª rodada, o time de Arsène Wenger, que vinha de uma goleada de 6 a 0 para o Chelsea, ficou apenas no empate em 2 a 2 com o Swansea City, forte candidato ao rebaixamento.

O irlandês Bony abriu o placar para os galeses no primeiro tempo e só aos 28 da segunda etapa é que o Arsenal conseguiu o empate, com Podolski. No minuto seguinte, Giroud virou. Ninguém no Emirates Stadium esperava, porém, que Flamini fosse marcar contra aos 45 e dar o empate ao Swansea.

De forte candidato ao título, o Arsenal agora corre risco até de ficar fora da Liga dos Campeões. Com apenas duas vitórias nos últimos seis jogos, tem 63 pontos, em quarto, atrás também do Liverpool, que soma 65 com um jogo a menos.

Quem vem chegando é o Everton. Fora de casa, a equipe azul de Liverpool teve um gol de Barkley e outro de Lukaku para vencer o Newcastle por 2 a 0. Assim, o Everton foi a 57 pontos, assumindo o quinto lugar, com 30 jogos - um a menos que o Arsenal. Tottenham, com 56 pontos em 31 jogos, e Manchester United, com 51 em 31 partidas, aparecem na sequência.

Todos voltam a jogar no fim de semana. O City visita o Arsenal, no sábado. O Manchester United joga novamente em casa, desta vez diante do Aston Villa. O Liverpool, que nesta casa encara o Sunderland, enfrenta o Tottenham no domingo. O Chelsea fica em Londres, mas sai de casa para pegar o Crystal Palace.