Exame poderá definir presença de Falcao Garcia no Mundial do Brasil

Atacante colombiano passará por um exame de ressonância magnética no fim desta semana

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

LUIS HIDALGO / AP
undefined

Toda a Colômbia está na expectativa quanto ao tratamento de Falcao Garcia, principal referência da seleção local para a Copa do Mundo deste ano. Apesar da grave lesão sofrida pelo atleta no fim de janeiro, Falcao vem mostrando uma promissora recuperação. Agora, um exame de ressonância magnética, marcado para o fim desta semana, poderá definir o futuro do jogador.

"Irei a Madri para vê-lo. Se a ressonância mostrar um aspecto escurecido do novo ligamento e ausência de processo inflamatório ao redor, tudo leva a crer que na 12ª semana possamos deixar o Falcao ir ao gramado. Aí, poderá começar a correr sem grandes mudanças de direção, travadas ou acelerações bruscas. A partir do quarto mês, poderíamos soltá-lo com toda a força para que entre em campo no dia 14 de junho", afirmou José Carlos Noronha, cirurgião responsável pela operação do atacante do Monaco-FRA, em entrevista à "Rádio Renascença".

Durante partida frente ao Monts d'Or Azergues, pela Copa da França, no dia 22 de janeiro, Falcao sofreu uma grave entrada e acabou rompendo o ligamento anterior cruzado do joelho esquerdo.

Desde então, ele vem lutando contra o tempo para reunir condições de enfrentar a Grécia, no Mineirão, no dia 14 de junho. A partida marca a estreia da seleção colombiana na Copa do Mundo. "Los Cafeteros" ainda encaram Costa do Marfim e encerram sua participação na primeira fase do Mundial frente ao Japão, em Cuiabá.