Soares vence e encara algozes do Rio Open em Miami

O brasileiro e seu parceiro austríaco terão pela frente os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O tênis brasileiro segue vivo na chave de duplas do Masters 1000 de Miami. Na noite de segunda-feira, o mineiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya avançaram às quartas de final ao derrotarem os franceses Julien Benneteau e Edouard Roger-Vasselin por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 6/7 (8/10) e 10/5, em 2 horas e 11 minutos.

O duelo com os franceses foi extremamente equilibrado e sem quebras de serviço no primeiro set, definido apenas no tie-break. Na segunda parcial, as duplas trocaram quebras de saque no primeiro, quando Soares servia, e segundo games.

No quinto, novamente no serviço do brasileiro, os franceses passaram à frente e chegaram a abrir 4/2. Depois, Soares e Peya deram o troco no décimo game e levaram a parcial para mais uma tie-break, dessa vez vencido por Benneteau e Vasselin.

A definição da partida, então, seguiu para o super tie-break. Soares e Peya conseguiram abrir 4/1 no começo e depois até ampliaram a vantagem, vencendo por 10/5, o que garantiu a passagem às quartas de final do Masters 1000 de Miami.

Agora, o brasileiro e o austríaco terão pela frente os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, que venceram o indiano Rohan Bopanne e o paquistanês Aisam Ul-Haq Qureshi por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4. Os colombianos foram campeões do Rio Open neste ano, eliminando Soares e Peya nas semifinais.

Também na noite de segunda-feira, pela chave de simples do Masters 1000 de Miami, o tcheco Tomas Berdych, sétimo colocado no ranking da ATP, se classificou às oitavas de final ao derrotar o português João Sousa, número 42 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, em 1 hora e 21 minutos.

O próximo adversário do tcheco será o norte-americano John Isner, número dez do mundo, que superou o espanhol Nicolas Almagro, 19º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3. Berdych lidera o confronto direto por 3 a 2.

CHAVE FEMININA - Vice-campeã do Aberto da Austrália, a eslovaca Dominika Cibulkova frustrou a torcida local no Torneio de Miami na noite de segunda-feira. A número 11 do mundo se garantiu nas quartas de final com a vitória sobre a norte-americana Venus Williams, número 31 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 5/7 e 6/3. Sua próxima adversária será a polonesa Agnieszka Radwanska.

Já a dinamarquesa Caroline Wozniacki, número 18 do mundo, massacrou a norte-americana Varvara Lepchenko por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/1. Nas quartas de final, Wozniacki vai enfrentar a chinesa Na Li.

Leia tudo sobre: tenisbrasileirosoaresavançamiamitorneio