Para Anastasia, recuperação de armas é prioridade para o Estado

Segundo o governador de Minas Gerais, prisão dos criminosos e a recuperação das armadas roubadas da Central de Escoltas do Sistema Prisional de Ribeirão das Neves é fundamental para segurança no Estado

iG Minas Gerais | da redação |

O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, informou, em nota oficial divulgada na tarde desta segunda (24), que a prisão dos criminosos e a recuperação das armadas roubadas da Central de Escoltas do Sistema Prisional de Ribeirão das Neves é prioridade para a segurança do Estado. O crime ocorreu na manhã de segunda, e ninguém havia sido preso até o momento da publicação do comunicado.

Policiais da Divisão Especializada de Operações Especiais (Deosp) já foram recrutados pela Polícia Civil para investigar o caso. Militares do Gate, do Batalhão de Eventos, Canil e do 40º Batalhão da PM também estão bloqueando os acessos ao município de Ribeirão das Neves. Além disso, a polícia montou blitze para encontrar os suspeitos.

A Corregedoria da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) também está investigando o fato. Há suspeitas de que o crime possa ter tido auxílio de funcionários. Segundo o subscretário de administração prisional da Seds, Murilo Andrade, se trata de o maior roubo do sistema prisional do Estado. Além disso, Andrade avaliou o perigo nas ruas, no momento, como "muito ruim", e disse que as autoridades se esforçam para tentar encontrar as armas roubadas.

Entenda o caso

A Central Integrada de Escoltas de Ribeirão das Neves, que fica próxima ao Presídio Antônio Dutra Ladeira, na região metropolitana de Belo Horizonte, teve 45 armas roubadas durante a madrugada desta segunda-feira (24), de acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). Nove agentes foram dopados por criminosos.

Pelo menos 45 armas foram levadas, sendo 39 pistolas e 6 submetralhadoras, além de 1.344 balas de calibre .40 por criminosos, segundo o comando do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate). Ainda não se sabe quantas pessoas estão envolvidas no roubo e como eles conseguiram entrar no local que conta com agentes penitenciários. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave