Sesi-SP e Brasil Kirin começam disputa por vaga na decisão

Segundo confronto da semifinal da Superliga masculina começa nesta terça-feira, em São Paulo

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Central Vini é uma das novidades do time de Campinas, que tem novo patrocinador
DIVULGAÇÃO - CBV
Central Vini é uma das novidades do time de Campinas, que tem novo patrocinador

Depois da vitória do Sada Cruzeiro sobre o Vivo-Minas, por 3 a 0, no primeiro jogo da semifinal da Superliga masculina, agora chega a vez do outro cruzamento acontecer. Sesi-SP e Brasil Kirin-SP entram em quadra nesta terça-feira, às 20h30, em São Paulo, abrindo o duelo de paulistas. O Sportv transmite ao vivo.

Como teve melhor campanha ao final da fase de classificação, ficando em segundo lugar no geral, o Sesi-SP escolheu jogar o primeiro duelo dentro de casa, no ginásio da Vila Leopoldina. O Brasil Kirin, que passou em terceiro, terá que buscar uma vitória fora de casa se quiser alcançar a primeira final em sua história.

Acostumados a se enfrentar, tanto pelo nacional como no Campeonato Paulista, a promessa é de um jogo equilibrado e estudado pelos dois lados. As últimas três edições do Estadual foram feitas pelos dois times, com os títulos indo sempre para o Sesi-SP. Na Superliga, são 10 jogos, com sete vitórias paulistanas.

"São dois times que se conhecem bem, que ao longo desses últimos anos acostumaram a se enfrentar em momentos decisivos. Agora é colocar tudo o que trabalhamos em ação. Não tem mistério, as duas equipes sabem bem das suas qualidades", destaca o levantador Sandro, do time da capital.

O jogador sabe que suas ações tentarão ser bem marcadas pelo adversário, que possui um bloqueio de qualidade. 

"Minha função é uma das mais estudadas. Para fugir dessa marcação, temos que estar atentos e criar novas alternativas", orienta o capitão.

Uma das armas do time de Campinas é o saque, onde o central Vini tem se destacado, com 32 pontos neste fundamento.

"Isso demonstra que o trabalho vem dando certo, me deixa feliz e preparado para buscar sempre meu melhor e poder ajudar minha equipe. Ter o trabalho reconhecido é sempre bem vindo", comemora o jogador.

Mesmo com os dois times em alto nível, um ligeiro favoritismo é apontado para o Sesi-SP, tanto pela campanha como pelo elenco, com vários jogadores da seleção brasileira.

"Sabemos do nosso potencial, independentemente deles terem ou não o favoritismo. Serão jogos equilibrados, tensos e os detalhes vão fazer a diferença", completa o meio-de-rede.